Santos envia proposta a Carlos Sánchez com cartada final pelo jogador

Samir Carvalho

Do UOL, em Santos (SP)

  • JOE KLAMAR/AFP

    Carlos Sánchez defendeu a seleção uruguaia na Copa do Mundo da Rússia

    Carlos Sánchez defendeu a seleção uruguaia na Copa do Mundo da Rússia

O Santos fez a sua última proposta ao volante Carlos Sánchez, que disputou a Copa do Mundo da Rússia pelo Uruguai e que tem vínculo com o Monterrey, do México, até o fim desta temporada. Os valores de salário e luvas, além do tempo de contrato, continuam sendo os empecilhos para um desfecho feliz por parte dos santistas.

Sánchez só aceita reduzir a sua pedida salarial se o Santos aumentar o tempo de contrato em sua proposta. O clube paulista ofereceu dois anos de acordo, mas o uruguaio "bate o pé" por três temporadas. A diretoria avalia que não cabe oferecer um vínculo maior por conta da idade do jogador, que tem 33 anos.

Depois de muitas propostas e contrapropostas, os valores "travaram" da seguinte forma: Sánchez pediu US$ 1,6 milhão (R$ 6,2 milhões) de salário por temporada, US$ 133 mil por mês (R$ 516 mil), enquanto o Santos oferece US$ 1,2 milhão (R$ 4,6 milhão) por ano, US$ 100 mil por mês (R$ 383 mil).

O Santos deu uma espécie de "xeque-mate" em Sánchez e aguarda uma resposta urgente sobre a última oferta. O UOL Esporte apurou que, para destravar o negócio, a diretoria santista enviou a proposta derradeira com US$ 100 mil (R$ 387 mil) de aumento. O clube paulista avisou que aceita pagar US$ 1,3 milhão (R$ 5 milhões) de salário por ano, US$ 108 mil por mês (R$ 416 mil), em contrato de duas temporadas.

Antes de negociar com Sánchez, a diretoria santista chegou a um acordo com o Monterrey para conseguir a liberação do meio-campista pelo pagamento de US$ 1 milhão (R$ 3,7 milhões). O contrato do uruguaio com o clube mexicano é válido até dezembro deste ano.

A diretoria santista abriu "outras conversas" por conta das dificuldades para concluir a contratação do uruguaio Carlos Sánchez. O nome de Claudio Yacob, volante argentino livre no mercado após ter contrato encerrado com o West Bromwich, da Inglaterra, último colocado e rebaixado no Campeonato Inglês, surgiu como opção.

No entanto, o volante que disputa a Copa do Mundo na Rússia pelo Uruguai é considerado a prioridade da diretoria santista para o setor. Isso porque o diretor executivo de futebol Ricardo Gomes e o técnico Jair Ventura acreditam que o uruguaio é o jogador ideal para suprir outra carência do elenco por seu perfil de liderança dentro de campo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos