Douglas diz que pensou em parar e brinca sobre volta: "Muito jogador ruim"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

    Meia ficou 16 meses parado após duas cirurgias seguidas no joelho esquerdo

    Meia ficou 16 meses parado após duas cirurgias seguidas no joelho esquerdo

Douglas ficou 503 dias sem jogar e pensou em não atuar mais. Nesta segunda-feira (9) o meia do Grêmio disse que após segunda cirurgia seguida no joelho esquerdo cogitou se aposentar. A ideia acabou abandonada e foi sustentada com discurso bem humorado do jogador. Para ele, o nível técnico atual ajuda.

"Ainda tem muito jogador ruim, então não tinha porque eu parar agora (risos)", disse.

Aos 36 anos, Douglas voltou a atuar nas últimas duas semanas. Ele participou de partidas do chamado time de transição do Grêmio contra Chapecoense e Santos, pelo Brasileiro de Aspirantes, e no domingo também atuou em amistoso diante do Corinthians.

Em fevereiro de 2017, o meia rompeu ligamentos do joelho durante treino em Porto Alegre. A cirurgia foi bem sucedida, mas em outubro o enxerto não aguentou e houve nova intervenção. Ali a ideia de pendurar as chuteiras passou pela cabeça de Douglas.

"Após a segunda cirurgia eu pensei, mas foi algo muito breve. A vontade de jogar era maior e superei isso rapidamente", comentou o meia do Grêmio.

Douglas foi peça-chave na campanha do Grêmio durante a Copa do Brasil de 2016. Recuperado, ele é tratado como uma espécie de reforço para o segundo semestre - onde o clube jogará três competições simultaneamente.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos