Com gols anulados e Dodô expulso, Santos empata e deixa México sem vitórias

Do UOL, em Santos (SP)

  • Marcello Zambrana/AGIF

    Dodô foi expulso no fim do 2º tempo após acertar cotovelada violente em mexicano

    Dodô foi expulso no fim do 2º tempo após acertar cotovelada violente em mexicano

O Santos encerrou sua passagem pelo México sem vitórias. Após perder para o Monterrey por 1 a 0, no último sábado, o alvinegro praiano apenas empatou com o Querétaro sem gols, nesta terça-feira, no estádio Corregidora, em mais uma partida amistosa em território mexicano.

O atacante Jonathan Copete marcou dois gols no duelo, mas a arbitragem anulou os dois. No primeiro tempo, o colombiano aproveitou rebote em chute de Jean Mota e marcou de cabeça em posição de impedimento. Na segunda etapa, ele fez falta antes de receber passe de Gustavo Henrique, de cabeça, e empurrou para o gol. O juiz marcou falta.

Para piorar, Dodô acertou uma cotovelada no adversário no final do segundo tempo e foi expulso pela arbitragem. Após a cotovelada, o lateral ainda chutou a bola para longe.

O técnico Jair Ventura fez três alterações em relação ao time que perdeu para o Monterrey. Deixaram o time Renato, Léo Cittadini e Bruno Henrique (este último voltou ao Brasil para acompanhar o nascimento de seu filho), e entraram Diego Pituca, Jean Mota e Copete

A delegação santista retorna ao Brasil nesta quarta-feira. Oficialmente, o Santos volta a campo no próximo dia 19, quando encara o clássico contra o Palmeiras, às 20h (de Brasília), no estádio do Pacaembu, válido pela 13ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Os melhores em campo: Rodrygo e Pituca criam jogadas, mas faltou o gol

Em um jogo de pouca qualidade técnica, Rodrygo e Diego Pituca foram os "melhorzinhos". O atacante contratado pelo Real Madrid arriscou seus lances individuais, armou jogadas, mas faltou o gol e, inclusive, finalizações. Já Diego Pituca desarmou e armou boas jogadas em campo. O ex-meia do time B mostrou que vai brigar uma vaga no time titular no segundo semestre.

Os piores em campo: Sasha sumido e Dodô "revoltado"

Eduardo Sasha continua vivendo um péssimo momento com a camisa santista. Ele marca desde a vitória por 2 a 1 contra o Palmeiras, em 27 de março, no estádio do Pacaembu, pelo segundo jogo da semifinal do Campeonato Paulista. Sasha teve atuação bastante apagada e desperdiçou uma boa oportunidade de abrir o marcador no primeiro tempo. O atacante não aproveitou cruzamento de Victor Ferraz e chutou para fora, mesmo chutando da entrada da pequena área. Dodô, por sua vez, mostrou revolta ao acertar uma cotovelada com força no adversário e foi expulso. O lateral já realizava uma partida bem discreta.

Vanderlei salvou no primeiro tempo e saiu

O goleiro Vanderlei fez duas boas defesas no primeiro tempo – um em chute de fora da área e outra saindo pra cima do atacante mexicano dentro da área. No intervalo, Jair Ventura colocou o goleiro Vladimir em campo.

Cadê o VAR?

No primeiro tempo, o Querétaro protagonizou um lance bastante polêmico. O atacante mexicano Sanvezzo driblou facilmente David Braz e encobriu o goleiro Vanderlei. A bola parece ter ultrapassado a linha do gol quando o lateral Dodô afastou. O juiz não validou o gol.

Jair faz testes sem sucesso no 2º tempo

Além de Vladimir no lugar de Vanderlei, o técnico Jair Ventura testou mais jogadores no segundo tempo. Léo Cittadini, Luiz Felipe, Vitor Bueno, Calabres e Yuri Alberto entraram na partida, mas assim como os titulares, atuaram sem brilho.

Ficha Técnica

Querétaro 0 x 0 Santos

Data: 10/07/2018, terça-feira
Horário: 23h25 (de Brasília)
Local: Estádio Corregidora, no México

Cartões amarelos: Gómez (Querétaro); Victor Ferraz e Dodô (Santos)

Cartão vermelho: Dodô (Santos)

Querétaro: Tiago Volpi; Hiram Mier, Luis Romo (Mike) e Diego Novaretti; Andrés Pérez (Uscanga), Jaime Gómez, Erbín Trejo (Arellano), Daniel Villalva (Stum) e Miguel Samudio (Hernández); Camilo Sanvezzo e Matías Britos. Técnico: Rafael Puente Del Río

Santos: Vanderlei (Vladimir), Victor Ferraz, David Braz (Luiz Felipe), Gustavo Henrique, Dodô; Yuri (Léo Cittadini e depois Calabres), Diego Pituca, Jean Mota; Copete (Yuri Alberto), Eduardo Sasha e Rodrygo (Vitor Bueno). Técnico: Jair Ventura.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos