Ceará homenageará meninos resgatados na Tailândia em jogo do Brasileiro

Do UOL, em Santos (SP)

  • Divulgação/Ceará SC

    Pornchai K. e os outros garotos que ficaram presos na caverna serão homenageados

    Pornchai K. e os outros garotos que ficaram presos na caverna serão homenageados

O grupo formado por 12 jovens jogadores e o treinador de um time de futebol amador que ficou preso na caverna no norte da Tailândia – além de profissionais e voluntários que participaram do dramático resgate – serão homenageados pelo Ceará no duelo contra o Sport, na próxima quarta-feira (18), no estádio Presidente Vargas, na volta do Campeonato Brasileiro após a pausa para a Copa do Mundo.

Os uniformes do time alvinegro levarão o nome de cada um dos 12 garotos resgatados, e o técnico Lisca usará camisa em homenagem ao treinador da equipe juvenil. O material utilizado será enviado como presente aos "Javalis Selvagens", nome do time tailandês.

Além disso, o clube fará uma homenagem a todos os profissionais e voluntários e, especialmente, ao mergulhador Saman Kunan, falecido no resgate da equipe tailandesa.

"Eu achei bacana a mobilização do clube e a solidariedade de se envolver em uma campanha dessa forma. Graças a Deus as crianças e o técnico foram resgatados, e, na medida do possível, tudo terminou bem. Que o Ceará possa continuar se envolvendo em ações como essa, de cunho social, e ter mais compaixão do próximo. Isso motiva outros clubes a fazerem o mesmo", disse o zagueiro do Ceará, Luiz Otávio.

Os meninos, com idades entre 11 e 16 anos, e o técnico de 25 anos acabaram presos na caverna no dia 23 de junho após forte chuva inundar o local. Eles foram encontrados com vida por mergulhadores na segunda-feira da semana passada, dia 2.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos