Ramiro admite mudança no Grêmio sem Arthur: "Temos que nos adaptar"

Do UOL, em Porto Alegre

  • Lucas Uebel/Grêmio

A saída de Arthur vai mudar o Grêmio. Nesta quinta-feira (12), Ramiro admitiu que o time deverá passar por uma transformação depois da transferência do camisa 29. Adaptações serão necessárias para que o estilo ofensivo e de posse seja mantido. O desafio é encaixar peças.

O Grêmio deve retomar os jogos oficiais sem Maicon, em recuperação após contrair lesão muscular na panturrilha direita. Jailson e Cícero são os volantes titulares, no momento.

"Pode (mudar o estilo de jogo). E provavelmente seja isso que aconteça. A gente vinha jogando com Maicon e Arthur, dois jogadores que tem controle total do jogo. O nosso time tinha uma característica, uma forma de jogar. Com Cícero e Jailson, nós do meio-campo temos que nos adaptar", disse Ramiro.

Nos testes realizados até aqui, dois jogos-treinos e mais amistoso contra o Corinthians, o time manteve estrutura e modelo de jogo. Os princípios estão ali, mas ainda falta encaixe melhor.

"Os volantes começam a jogada e temos que procurar mudar um pouco, adaptar a função, para ter um jogo equilibrado e ofensivo. A gente tem que treinar e na conversa ter alguns ajustes quando tivermos mudanças no time", comentou o camisa 17.

O Grêmio volta a jogar oficialmente contra o Atlético-MG, em 18 de julho. A partida em Porto Alegre é válida pela décima terceira rodada do Campeonato Brasileiro.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos