Inter lucra sem perder jogadores e ataca principal carência do grupo

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Jeferson Guareze/AGIF

    Jonatan Alvez chega para suprir carência no comando de ataque do Internacional

    Jonatan Alvez chega para suprir carência no comando de ataque do Internacional

A janela de transferências ainda não provocou baixas no Internacional. E pode nem provocar. Mas isso não quer dizer que o Colorado não tenha conseguido bons lucros com as movimentações para fora do país. Foram jogadores que não estão no grupo que renderam para os cofres vermelhos. No sentido contrário, a maior carência do elenco foi atacada com a chegada de Jonatan Álvez.

O Inter não atingiu a meta de fazer R$ 40 milhões com vendas. Mas conseguiu colocar dinheiro nos cofres. Com a saída de Anselmo, que estava emprestado ao Sport, para o Al-Wehda, entraram R$ 7,6 milhões. Com a negociação de Valdívia, que estava cedido ao São Paulo, outros R$ 10 milhões. Ele foi para o Al-Ittihad. Os dois clubes de destino são da Arábia Saudita.

Além disso, o percentual pela formação do meio-campista Fred, que se transferiu do Shakthar Donetsk, da Ucrânia, para o Manchester United, da Inglaterra, gerou mais R$ 4 milhões ao clube gaúcho.

Ainda há valores menores a receber, como o percentual pela formação de Jandrei, que foi da Chapecoense para a Sampdoria, da Itália, e de Sandro, comprado pelo Benevento e emprestado ao Genoa, da Itália.

Desta forma, mesmo que ainda precise praticamente da metade do previsto em orçamento, o Colorado viu entrar receitas sem perder jogadores. O melhor molde de negociação e que ainda pode crescer caso Taison ou mesmo Alisson sejam negociados de seus clubes.

Ainda há possibilidade de saídas como William Pottker, Rodrigo Dourado ou o zagueiro Klaus. Mas não foram apresentadas propostas oficiais para isso até o momento.

Inter ataca maior carência do grupo

No sentido contrário, a direção agregou qualidade ao Inter. A principal carência do elenco foi atacada com a contratação de Jonatan Álvez, do Junior de Barranquilla. O centroavante chega para ser alternativa a Leandro Damião e pode até conquistar espaço maior no grupo dependendo de seu rendimento.

O empréstimo foi fechado por um ano e tem como custo apenas os salários do jogador. Ele será oficializado até o início da semana e deve ser apresentado no CT Parque Gigante antes do retorno do Brasileirão.

O comando segue atrás de um reforço. O zagueiro Emerson Santos, do Palmeiras, é o alvo. Darío Aimar, do Barcelona-EQU foi descartado.

Por fim, Rithely e Sarrafiore já têm situações confirmadas. O argentino foi, inclusive, apresentado e já treinou com o time principal. O volante egresso do Sport assinará empréstimo de dois anos e ainda se recupera de lesão. Por isso, ainda não foi efetivado. 

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos