Após perder a Copa por leucemia, goleiro nigeriano anuncia aposentadoria

Do UOL, em São Paulo

  • Matthew Ashton/AMA

Depois de ficar fora da Copa do Mundo por conta de seu tratamento contra leucemia, o goleiro nigeriano Carl Ikeme usou suas redes sociais nesta sexta-feira (27) para anunciar sua aposentadoria.

Em texto publicado em seu Instagram, Ikeme contou que por conselhos médicos ele deixa os gramados, mas se diz muito grato por toda sua trajetória dentro de campo, especialmente no clube inglês Wolverhampton.

"Após conselho dos médicos, tomei a decisão de me aposentar. Não é um dia triste para mim, mas é dia de olhar para trás com carinho e alegria por poder viver o meu sonho. Eu só quero agradecer a todos do Wolves pelo apoio ao longo dos anos. Nós montamos os bons e maus momentos juntos, e eu estou feliz de estar na história do clube. Estou ansioso para ver todo mundo de novo e estar ao redor do clube e da cidade. Obrigado!", escreveu o defensor nigeriano.

Em julho do ano passado, o site oficial do Wolverhampton noticiou que o goleiro havia sido diagnosticado com leucemia, ainda durante exames da pré-temporada daquele ano.
"Carl começará agora um curso imediato de quimioterapia enquanto inicia uma longa batalha contra a doença", informou o clube inglês.

Durante o Mundial da Rússia deste ano, Ikeme usou suas redes sociais para contar a seus seguidores que não apresentava mais sinais da doença.

O goleiro chegou a receber o carinho de uma seleção adversária durante a Copa.  Antes do jogo contra a Nigéria, a seleção islandesa postou uma foto do elenco segurando uma camisa com o nome de Carl.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos