Topo

Futebol


COF mantém ressalvas à Crefisa e reprova contas de março no Palmeiras

Ale Cabral/AGIF
Contas de três meses da gestão Galiotte já foram rejeitadas pelo COF do clube Imagem: Ale Cabral/AGIF

Leandro Miranda

Do UOL, em São Paulo

2018-08-01T04:00:00

01/08/2018 04h00

O Conselho de Orientação e Fiscalização (COF) reprovou, nesta semana, o balancete financeiro de março do Palmeiras, dando sequência ao entendimento de que os aditivos do contrato com a Crefisa, assinados no início deste ano, representam uma dívida perigosa para o clube. O órgão já havia feito o mesmo com as contas de janeiro e fevereiro e não dá sinais de que mudará de postura para os meses seguintes. Com as sucessivas rejeições por parte do COF, a questão será avaliada pelo Conselho Deliberativo em reunião extraordinária marcada para 20 de agosto, convocada por iniciativa do presidente Maurício Galiotte. Pessoas próximas à gestão sustentam que o COF age com motivação política ao rejeitar as contas, enquanto membros do órgão de fiscalização afirmam que o Conselho Deliberativo não teria poder para aprovar ou não os balancetes mensais.

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a coluna De Primeira.

Mais Futebol