Mais chateado que em 2014, Willian diz acreditar que Brasil venceria França

Do UOL, em São Paulo

  • Reuters/Matthew Childs

Apesar de tudo o que o 7 a 1 representa em debates de futebol, Willian ficou mais frustrado com a eliminação na Copa do Mundo de 2018 que na de 2014. Além disso, disse que acredita que a seleção brasileira poderia ter vencido a campeã França se este confronto tivesse ocorrido.

"Eu acho que daria [para vencer], sim. A França jogaria como a Bélgica jogou, seria perigoso lidar com os contra-ataques. A França se defendia bastante e saia rápido no contra-ataque. O Giroud estava praticamente jogando de volante, marcando. Daria, sim, para a gente passar da França", afirmou.

A declaração foi gravada no programa "Resenha", da ESPN Brasil, e foi ao ar na noite deste domingo (5). "Claro que fiquei chateado em 2014, mas a frustração dessa foi pior. O time estava jogando bem e ajeitado, tudo conspirava a favor da seleção. O Brasil todo estava confiante", lamentou.

Willian revelou uma conversa que teve com Hazard, atleta da Bélgica e colega de Chelsea, após a derrota do Brasil. "Ele disse que estudaram o nosso time todo. Nós tínhamos estudado a Bélgica de outra forma, porque com a bola eles jogavam como a gente, mas, sem a bola, vieram de um jeito diferente. Surpreenderam", avaliou.

Aos 29, o jogador do Chelsea já calcula que terá 34 anos na Copa de 2022, que será disputada no segundo semestre. "Sempre me cuidei, então é continuar fazendo o trabalho no clube e espero estar na Copa. A primeira coisa que eu quero é estar na Copa América no ano que vem", respondeu.

Quando o jornalista André Plihal perguntou quem Willian prefere entre Felipão e Tite, técnicos que o comandaram nas Copas de 2014 e 2018, o atleta deu a entender que o atual treinador faz um trabalho melhor, mas se esquivou discretamente.

"São totalmente diferentes, claro que respeitando cada filosofia de trabalho de cada treinador. O Tite estuda muito bem a equipe adversária, passa os vídeos, bola parada, ajuda taticamente. Isso não tinha muito na Copa de 2014", disse Willian.

Apesar dos elogios a Tite, o meia escolheu José Mourinho como o melhor comandante que já teve. "O melhor treinador que eu já trabalhei até hoje. Tenho um relacionamento de amigos com ele. Gostei muito de ter trabalhado com ele, e espero poder trabalhar com ele novamente", apontou.

A resposta levantou a bola para uma pergunta sobre o Manchester United, clube que a imprensa britânica aponta como interessado no brasileiro. "Sim, sim, sim. Não sei se teve proposta oficial, mas algumas coisas já aconteceram. O Mourinho sempre fala com o meu empresário", revelou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos