Polícia do RS indicia 11 pessoas por difamação contra D'Alessandro

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

  • Pedro Vale/AGIF

A Polícia Civil concluiu inquérito que apura difamação contra D'Alessandro e indiciou 11 pessoas. A investigação que durou quase dois meses levantou registros de redes sociais e buscou a origem de boatos que motivaram o meia do Internacional a realizar uma notícia crime. O relatório entregue à Justiça pode gerar queixa-crime e consequente processo.

O relatório foi preparado pela Delegacia de Polícia de Repressão aos Crimes Informáticos de Porto Alegre. A lista de indiciados pode aumentar com investigação de envolvidos do interior.

A investigação foi dividida em duas partes para apurar detalhadamente os envolvidos. Bem como dar prazo suficiente para que os identificados possam ser citados. Uma segunda etapa da investigação apura usuários de redes sociais resididos fora de Porto Alegre.

O inquérito contém registros de comentários em páginas oficiais do Internacional, perfis pessoais de D'Alessandro e lista de postagens com hashtags.

Por se tratar de um crime contra honra, a tendência é que o autor da notícia crime entre com processo contra os indiciados. 

D'Alessandro procurou a polícia em junho. No boletim de ocorrência, o jogador apresentou prints e outros elementos para serem considerados provas dos atos nas redes sociais.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos