Vasco fez acordo para pagamento de FGTS com a Caixa antes de ação de Wagner

Bruno Braz*

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • THIAGO RIBEIRO/AGIF

    Wagner entrou com ação pedindo rescisão de contrato e Justiça acatou

    Wagner entrou com ação pedindo rescisão de contrato e Justiça acatou

A rescisão de contrato solicitada por Wagner e acatada pela Justiça de Trabalho, ao que parece, renderá outros capítulos nos tribunais. Isso porque o Vasco fez um acordo com a Caixa Econômica Federal para pagamentos parcelados dos meses não recolhidos de FGTS antes de o jogador ingressar com a ação e promete recorrer.

A diretoria cruzmaltina está reunida neste momento com o departamento jurídico, e há quem afirme que os pagamentos de FGTS nos moldes acordados estão sendo cumpridos. 

Em março deste ano, o presidente do clube, Alexandre Campello, esteve em Brasília (DF) onde se reuniu pessoalmente com diretores do banco estatal para tratar de todas as pendências que, como consequência, inviabilizaram as certidões negativas de débito, algo que impossibilitou o clube tanto de renovar o patrocínio com a Caixa como também receber parcelas da parceria por conta das dívidas.

Por meio de nota divulgada após esta publicação, o Vasco alegou que firmou o acordo com a Caixa dia 30 de agosto, negou o atraso com Wagner e informou que recorrerá da decisão. 

Confira a nota na íntegra:

"Em relação à notícia veiculada nesta terça-feira (11/09) de que o atleta Wagner conseguiu rescisão imediata de seu contrato com o Club, o Vasco da Gama esclarece:

1) O clube firmou acordo com a Caixa Econômica Federal no dia 30 de agosto para o pagamento parcelado do Fundo de Garantia (FGTS) de todos os funcionários. Portanto, não há atraso já que o parcelamento foi formalizado antes do ajuizamento da ação.

2) Diante do fato de o FGTS do referido atleta não estar em atraso e, portanto, do entendimento de que as provas usadas por ele e que serviram de base para a concessão da liminar não foram completas, inclusive induzindo o juízo a erro, o Departamento Jurídico do Vasco vai recorrer da decisão".

*Atualizada às 15h40

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos