Jornais veem Neymar "perseguido por fama que criou" e desespero em desabafo

Do UOL, em São Paulo

  • Pedro Martins / MoWA Press

O cartão amarelo recebido por Neymar por simulação na vitória da seleção por 5 a 0 contra El Salvador fez o atacante brasileiro voltar a ser destaque na imprensa mundial dois meses após a Copa do Mundo da Rússia. Assista aos gols da partida.

O jornal espanhol "Sport", por exemplo, disse que "Neymar está devorando seu próprio personagem" e que continua perseguido pela fama que ele mesmo criou". "A bolha agora está tão grande que já não pode mais parar".

Assim, o jornal não entra no mérito se Neymar simulou ou não e dá mais destaque para o desabafo do atacante, que falou em palhaçada e viu falta de respeito pelo cartão mostrado quando o Brasil vencia por 3 a 0. No lance em questão, árbitro Jair Marufo enxergou simulação em vez de pênalti e chegou a rir do lance em que puniu Neymar.

"Suas palavras foram de desespero", disse o jornal, que completou: "Neymar não sabe o que fazer agora com sua fama de 'piscineiro' e a única solução que encontrou foi atacar o árbitro".

Na mesma linha, o jornal inglês "Daily Mail" lembrou que "o jogador do PSG desenvolveu uma reputação de cair facilmente na área" e que "acusações de simulação têm atormentado Neymar nas últimas temporadas".

O jornal argentino "Olé" foi mais duro na análise e chamou o lance de "simulação insólita". "Não importa o contexto, Neymar sempre procura seu momento para tentar aproveitar suas simulações. E o atacante do PSG voltou a reincidir no amistoso contra o El Salvador para tentar encontrar um pênalti a favor, quando o Brasil e ganhava por um confortável 3 a 0".

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos