Pedro faz testes no campo, mas vive incerteza por cirurgia no Fluminense

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Pedro Vale/AGIF

    Pedro deve ter resultado mais conclusivo até o final desta semana

    Pedro deve ter resultado mais conclusivo até o final desta semana

Fora de combate desde o dia 25 de agosto, quando sofreu estiramento nos ligamentos do joelho direito, o atacante Pedro segue em seu processo de recuperação. Após alguns dias afastado dos gramados, o atacante do Fluminense realizou trabalhos no campo nesta semana e foi submetido a circuitos. Apesar do trabalho em estágio mais avançado, no entanto, o clima é de absoluta cautela nas Laranjeiras, já que um exame mais conclusivo só deve ser feito mais para o fim desta semana.

Os testes são feitos para avaliar a evolução do quadro do artilheiro, mas a possibilidade de uma intervenção cirúrgica é real. Até que o martelo seja batido, o artilheiro seguirá fazendo este trabalho à parte.

Clube interessado no tricolor, o Real Madrid tinha conversas adiantadas com o Flu para um eventual negócio, mas a lesão diante do Cruzeiro coincidiu com o fim da janela de transferências, o que significou um sinal amarelo para o prosseguimento das tratativas.

Apesar do incidente, tricolores e merengues ainda mantêm o vínculo e aguardam o desfecho da questão médica para verem em que condições o negócio poderia ser feito. Ainda que leve o jogador, os espanhóis só poderiam contar com Pedro na reabertura da janela.

Como o jogador se machucou e foi cortado da seleção, o Real avalia que pode fazer um negócio mais em conta do que faria caso o camisa 9 tivesse vestido a amarelinha. Na última semana, o presidente Pedro Abad indicou que há uma transação em curso:

"Para qualquer negociação ocorrer, tem de ter a vontade de mais de uma parte. Quando os três se unem, a coisa ocorre. Se chegar uma proposta que agrade a todos, a coisa andará. A janela está fechada, então, nenhum atleta do Fluminense poderá sair agora. Se acontecer algo, será no final do ano", disse.

O Monterrey (MEX) já fez duas ofensivas e a segunda oferta (R$ 96,7 milhões) superou um pouco a inicial, que era de 15 milhões de euros (R$ 72,5 milhões). O Flu é dono de 50% dos direitos do jogador. Os tricolores também recusaram uma oferta do Bordeaux pelo atacante. Por "apenas" 8,5 milhões de euros (R$ 41,1 milhões), os dirigentes disseram não à proposta francesa.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos