"Não há fase ruim que dure para sempre", diz capitão Réver sobre Flamengo

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Thiago Ribeiro/AGIF

    Réver desabafou em relação ao momento complicado do Flamengo na temporada

    Réver desabafou em relação ao momento complicado do Flamengo na temporada

Cobrado pela falta de alternativas e posse de bola sem efetividade no empate por 0 a 0 com o Corinthians, o Flamengo vive um momento delicado após a Copa do Mundo. O Rubro-negro passou a esbarrar em problemas e precisa encontrar soluções em uma sequência decisiva de jogos na temporada. Nesta sexta-feira (14), o capitão Réver falou sobre o tema no Ninho do Urubu.

"Precisamos ter um pouco mais de tranquilidade, principalmente para colocar o companheiro em uma melhor condição de finalizar. Criamos, mas não de forma tão clara para que os atacantes finalizem. É preciso brigar com o zagueiro, fica mais difícil", afirmou.

"Todos estão se cobrando bastante. Uma hora ou outra, isso vai por água abaixo. Não há fase ruim que dure para sempre. A cobrança maior é sua consigo mesmo. Esperamos que passe o mais rápido possível", completou.

No sábado (15), o Flamengo tem um clássico importante contra o rival Vasco. O jogo será realizado no estádio Mané Garrincha, em Brasília. É uma oportunidade de o Rubro-negro recuperar a confiança da torcida diante de um adversário que entrou na zona de rebaixamento.

"Não temos nada a ver com isso [problemas do Vasco]. Cada time tem a sua preocupação. Vamos em busca da vitória. Só que clássico não tem favorito e pode ser um divisor de águas. Muitos já dizem que não brigamos por títulos, acho que as pessoas estão confusas sobre isso Trabalhamos para melhorar e evoluir", encerrou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos