Topo

Futebol


Sem Pedro, Fluminense distribui artilharia entre volantes e reforços

Lucas Merçon/Fluminense
Atacante Luciano tem dado conta do recado e ajudado com gols Imagem: Lucas Merçon/Fluminense

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

2018-10-10T04:00:00

10/10/2018 04h00

Assim que a lesão de Pedro foi confirmada, a torcida do Fluminense ficou desconfiada sobre como seria o desempenho ofensivo do Tricolor sem o seu principal jogador. Sem o camisa 9, o time foi se habituando a uma nova realidade e encontrou na distribuição da artilharia um caminho para suprir o seu centroavante. Desde que o jovem deixou o time, três reforços contratados no meio do ano e dois volantes não muito habituados com gols têm resolvido a questão.

Atacantes que chegaram às Laranjeiras com a temporada em andamento, Luciano, que marcou três vezes, e Everaldo, que marcou duas, são responsáveis por cinco dos 13 gols feitos pelo Fluminense desde o jogo contra o Cruzeiro. Os outros foram obras de Digão, que chegou em junho e marcou duas vezes, e dos volantes Jadson e Richard, com dois gols cada. Os outros foram feitos pelo são-paulino Anderson Martins, contra, e pelo meia Sornoza.

Thiago Ribeiro/Agif
Zagueiro Digão tem sido arma ofensiva importante no Fluminense Imagem: Thiago Ribeiro/Agif

Na goleada por 4 a 0 contra o Paraná, a dupla de contenção deixou a sua marca, assim como Luciano. Feliz com a subida de produção no novo clube, o atacante destaca o bom entendimento com Everaldo.

"Estamos indo muito bem no ataque e estamos felizes. Ele tem jogado muito bem, e eu tenho feito meus gols. Está dando certo", disse Luciano ao "Sportv".

Contratado sem badalação e fruto da observação do grupo de análise de mercado tricolor, Everaldo disse que a parceria tem ido além do bom entendimento dentro das quatro linhas:

"Só temos crescido juntos, aprendi muito com ele. Estou feliz que ele conseguiu marcar (contra o Paraná). Não estava mais em campo, mas ele veio até mim para fazermos a nossa comemoração", declarou.

Marcelo Oliveira ganhou ainda uma nova alternativa para aumentar o poder de fogo do time. Após um ano e dois meses em recuperação de duas cirurgias no joelho, o atacante Marcos Calazans voltou a entrar em campo e está à disposição.

Nas quartas de final da Copa Sul-Americana e em posição cômoda no Brasileiro, o Flu retoma os trabalhos de olho no duelo de sábado com o rival Flamengo, às 17h, no Maracanã. Ocasião perfeita para a artilharia funcionar.

Os gols do Fluminense sem Pedro:

Luciano (3)
Everaldo (2)
Richard (2)
Jadson (2)
Digão (2)
Sornoza (1)
Anderson Martins (contra)

Mais Futebol