Recusa de Marquezine de morar em Paris fez Neymar romper namoro

João Henrique Marques

Colaboração para o UOL, em Paris (FRA)

O fim do namoro entre Neymar e Bruna Marquezine não foi visto com surpresa por amigos do jogador. O distanciamento do casal já era notado e poucos imaginavam que a relação seguiria por muito tempo. Entre os pontos considerados crucias para Neymar, a decisão da atriz de seguir morando no Brasil o abalou.

O UOL Esporte ouviu pessoas próximas de Neymar. A decisão do término tomada pelo jogador foi avaliada como uma junção de fatores, sendo o principal a tristeza causada pelo relacionamento à distância. O fim do namoro era uma discussão recorrente no casal.

Neymar esperava que Bruna se mudasse para Paris neste ano. O casal planejou a vida a dois, mas a iniciativa da atriz foi a de seguir em viagens entre Brasil e França por conta do trabalho.

Bruna Marquezine tentou superar o distanciamento com viagens a Paris. Em algumas situações, chegou a passar cerca de 24h na capital francesa para estar ao lado do namorado. No período, os amigos notavam Neymar cada vez mais entristecido a cada volta de Bruna ao Brasil.

Em Paris, Neymar e Bruna Marquezine levavam namoro agitado. A atriz era quem mais conseguia motivar o jogador a explorar a cidade. Os passeios em pontos turísticos e sua ida aos jogos do PSG eram bem vistos pela torcida do clube.

Neymar e Bruna estiveram juntos com amigos pela última vez após a goleada do PSG por 6 a 1 contra o Estrela Vermelha, no Parque dos Príncipes, em Paris, dia 3 de outubro. Foi quando o jogador organizou uma festa nos camarotes do estádio com artistas brasileiros e as presenças dos grupos de Thiago Silva, Marquinhos e Daniel Alves. Ali, a relação já era avaliada como estremecida.

A decisão do término do namoro foi aos poucos sendo compartilhada aos amigos de Neymar. A semana de trabalho com a seleção brasileira na Arábia Saudita foi avaliada como importante para o jogador diminuir a tristeza pelo fim da relação.

Assim que retornou da seleção brasileira, Neymar passou boa parte do tempo ao lado dos amigos mais próximos, Gil Cebola e Joclécio. E como ganhou quatro dias de folga no PSG, rumou com os "toiss" à praia de Peniche, em Portugal, para acompanhar o amigo surfista Gabriel Medina em importante etapa do circuito Mundial de Surfe. O jogador pretende permanecer no local até o fim da competição. A volta aos treinos no clube francês está marcada para segunda-feira.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos