Topo

Futebol


Cavani vê amistoso "intenso", evita reclamação e exalta duelo contra Neymar

Mike Hewitt/Getty Images
Imagem: Mike Hewitt/Getty Images

Marcus Alves

Colaboração para o UOL, de Londres (Inglaterra)

2018-11-16T23:04:27

16/11/2018 23h04

Apesar da derrota no amistoso contra o Brasil, Edinson Cavani avaliou como positivo o desempenho da seleção uruguaia na partida desta sexta-feira (16). O atacante do Paris Saint-Germain disse que o duelo foi bastante intenso e evitou novas reclamações sobre o lance que originou o pênalti que garantiu a vitória brasileira.

"Quando duas seleções sul-americanas se enfrentam é sempre muito intenso. Creio que foi uma partida bonita. No final protestamos um pouco por conta da jogada do gol, mas são coisas que acontecem no futebol. Saímos com a sensação positiva de que temos que seguir trabalhando e estamos no caminho certo", disse o uruguaio na zona mista do Emirates Stadium.

Na jogada que culminou no pênalti à favor do Brasil, os jogadores do Uruguai reclamaram bastante de um toque de mão de Danilo na origem da disputa.

Questionado também sobre o duelo contra Neymar, seu companheiro de clube no PSG, o uruguaio falou exaltou a importância de jogos contra grandes adversários. No fim do jogo, Cavani chegou a cometer falta dura no brasileiro, mas ressaltou que o clima quente se encerra no campo.

"É sempre muito bonito jogar com grandes seleções como o Brasil, que tem jogadores como Neymar e outros grandes que formam essa seleção. Jogar com uma seleção com bastante história é algo muito lindo, por isso não gostamos de perder. Não há amistoso que levamos como amistoso. Dentro de campo às vezes as coisas ficam quente, mas depois termina e fora é só tranquilidade", completou.

O atacante Luis Suárez seguiu a linha do companheiro ao avaliar como boa a atuação da equipe celeste, e falou em "gosto amargo" com o resultado em Londres.

"Obviamente que deixa uma sensação amarga pelo resultado porque acredito que merecíamos. Fizemos uma boa partida coletiva, marcamos bem", avaliou o atacante do Barcelona.

O Uruguai volta a campo na terça-feira (20), em amistoso contra a França, em Paris.

Mais Futebol