Taça da Sul-Americana pode render bônus de 800 mil da Caixa ao Atlético-PR

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL

  • Jason Silva/AGIF

    Conquista da Sul-Americana pode render bonificação ao Furacão por parte do patrocinador

    Conquista da Sul-Americana pode render bonificação ao Furacão por parte do patrocinador

Finalista da Copa Sul-Americana, o Atlético-PR pode ser premiado com uma bonificação prevista no contrato com a Caixa Econômica Federal, caso levante a taça continental. A estatal oferece um bônus por títulos importantes conquistados pelos clubes que patrocina e, no caso da Sul-Americana, o valor é de R$ 800 mil.

O valor é equivalente a cerca de 15% do total do contrato, R$ 6 milhões. Nesta semana, a Caixa sinalizou nos bastidores que deve encerrar os patrocínios aos clubes de futebol a partir da posse de Jair Bolsonaro (PSL), presidente eleito da República. Além disso, um parecer do Tribunal de Contas da União apontou inconsistências no modelo atual do contrato.

Além da bonificação do patrocinador, o Furacão concorre à premiação total de 2,5 milhões de dólares (cerca de 10 milhões de reais) pelo título. Com o vice-campeonato já garantido, o Atlético já embolsou pelo menos US$ 1,2 milhão, somando a bonificação de todas as fases. O montante da possível conquista é pouco menos do que o que o Flamengo levará pelo vice-campeonato brasileiro, R$ 11 milhões.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos