Avaliado em R$ 87 milhões, Arrascaeta sonha com Europa e evita China

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • EDUARDO CARMIM/AGÊNCIA O DIA/ESTADÃO CONTEÚDO

    Arrascaeta comemora gol na final da Copa do Brasil; meia ainda sonha com Europa

    Arrascaeta comemora gol na final da Copa do Brasil; meia ainda sonha com Europa

Camisa 10 do Cruzeiro e da seleção do Uruguai, o meia De Arrascaeta deverá ser um dos jogadores mais assediados do clube na próxima janela de transferências. Com multa milionária, o jogador faz planos de permanecer no clube e sonha com uma nova chance de vencer a Libertadores, mas também não esquece do sonho de criança. Sem se sentir atraído pelo mercado chinês, o meia de 24 anos permanece com os pés no chão em Minas Gerais, mas não esconde o desejo de um dia jogar na Europa.

Ciente de que é muito difícil que um clube brasileiro se interesse em pagar para ter Arrascaeta, o Cruzeiro colocou uma multa milionária caso algum europeu queira levá-lo embora. Em fevereiro, o clube renovou com o meia até 2021 e aumentou sua multa para R$ 120 milhões (cerca de 30 milhões de euros). Nesta semana, Itair Machado, vice de futebol, disse que somente uma proposta a partir de 20 milhões de euros (R$ 87,8 milhões) é capaz de fazer a diretoria sentar para iniciar as conversas.

"Tenho muito boa relação com o Itair. Esse desejo de jogar em um grande clube da Europa todo jogador tem. É um sonho de criança que nós temos, mas fui bem claro sobre o clube e sobre minha intenção de ajudar o time. Como falei para ele, o dia que for certa a minha saída para um grande clube e o Cruzeiro estiver de acordo... Mas não se sabe se esse dia chegará ou não, então só penso em estar bem no clube e conquistar coisas importantes", disse Arrascaeta.

Hoje, o jogador é o artilheiro do Cruzeiro no ano, com 15 gols marcados. Recentemente, se tornou o estrangeiro que mais entrou em campo com a camisa celeste. Durante toda sua estadia na Toca da Raposa, a diretoria alega ter recebido propostas entre 12 e 15 milhões de euros (entre R$ 52,7 e R$ 65,9 milhões), que não avançaram. No meio do ano, o jogador chegou a se despedir dos companheiros antes de ir para a Copa do Mundo, mas o interesse do Monaco não se concretizou, e o meia retornou ao elenco.

A alta pedida do Cruzeiro não é justificada apenas pela baixa idade e pela ótima temporada de Arrascaeta. O clube comprou 50% dos seus direitos econômicos, mas hoje só detém 25% e precisa lucrar com uma eventual saída. Para se ter uma ideia, se o jogador deixasse a equipe com uma proposta de 20 milhões de euros, o Cruzeiro "só" pegaria 5 milhões, equivalente a R$ 21,9 milhões.

Melhor ano da carreira

No Cruzeiro há quatro anos, Arrascaeta vivem em 2018, sem dúvidas, a melhor temporada da sua carreira. O ano começou com o título mineiro e um gol decisivo na final. Ainda no estadual, marcou um golaço de voleio que o tornou finalista do Prêmio Puskás da Fifa. Em julho, vestiu a camisa 10 do Uruguai e foi à Copa do Mundo da Rússia. Depois do Mundial, retornou voando ao Cruzeiro e deixou jogadores como Thiago Neves em segundo plano. Na final da Copa do Brasil, enfrentou uma maratona aérea para chegar a tempo do jogo em Itaquera. Entrou em campo e fechou a conta para o Cruzeiro, garantindo o hexacampeonato com outro belíssimo lance que mais tarde seria eleito o gol mais bonito do torneio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos