Bale diz que merecia ter ganhado o Puskas por gol em final da Champions

Do UOL, em São Paulo

  • REUTERS/Phil Noble

O atacante Gareth Bale parece não ter superado a derrota para Mohamed Salah na disputa do Prêmio Puskás 2018. O galês disse ter ficado surpreso com a escolha e afirmou que merecia ter vencido a premiação pelo gol mais bonito da temporada.

Bale concorreu ao prêmio neste ano com um gol marcado na final da Liga dos Campeões, justamente contra o Liverpool de Salah. Na ocasião, o atacante anotou de bicicleta o segundo gol da vitória do Real Madrid, por 3 a 1 - lance que foi indicado como finalista do Puskás. Ele ainda marcou o teceiro gol da final.

"Fiquei surpreso com isso, para ser honesto. O que se pode dizer? Isso faz com que o prêmio pareça um pouco menor, embora obviamente tenha sido um grande gol de Salah", disse o jogador à revista Four Four Two.

Ao relembrar o lance, Bale disse ter acertado a bola "perfeitamente" e classificou o gol como o mais bonito de sua carreira.

"Foi instintivo. Posicionei o meu corpo corretamente, trabalhei bem com os pés e acertei perfeitamente. Quando você acerta a bola desse jeito, você sabe que vai no gol e precisa torcer apenas para que o goleiro não faça uma defesa inacreditável. Então, assim que chutei, sabia que tinha a chance de marcar. Acredito que foi o gol mais bonito da minha carreira", acrescentou.

Curiosamente, Salah venceu o Puskás neste ano ao desbancar dois gols de bicicleta. Além de Bale, Cristiano Ronaldo também concorria ao prêmio com um gol marcado da mesma maneira, na partida entre Real Madrid e Juventus, pela Liga dos Campeões.

O lance que rendeu o prêmio ao egípcio foi marcado contra o Everton, em dezembro de 2017. O atacante do Liverpool recebeu perto da área, driblou dois adversários e finalizou com um chute no ângulo.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos