Cruzeiro tem mais de um time inteiro de emprestados que retornam ao clube

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Thiago Ribeiro/Agif

    Digão celebra gol do Fluminense sobre o Botafogo; zagueiro pertence ao Cruzeiro

    Digão celebra gol do Fluminense sobre o Botafogo; zagueiro pertence ao Cruzeiro

O Cruzeiro ainda não confirmou nenhuma contratação para a temporada de 2019, mas a reapresentação do elenco profissional, marcada para o dia 3 de janeiro, pode ter novidades. Pelo menos 13 jogadores que estavam emprestados pelo clube até o fim deste ano estão com o futuro indefinido, mas voltarão ao clube para serem reaproveitados ou novamente cedidos.

Dos atletas que retornam, algumas peças são conhecidas do futebol brasileiro. O principal é Digão, zagueiro que chegou a ser titular com Marcelo Oliveira no Fluminense, mas que não deve ter chances na Toca da Raposa. É possível que as partes estudem um prolongamento da estadia do jogador no Rio de Janeiro. Outro defensor que foi bem aproveitado é Fabrício Bruno. Apesar de ter sofrido uma lesão, o jogador atuou com frequência na Chapecoense e se despediu em alta. Fabrício pode ser um dos poucos aproveitados no elenco de Mano. Já o meia Gabriel Xavier sequer voltará do Japão. Revelado na Portuguesa, o meia passou pelo Sport e pelo Vitória por empréstimo antes de ser repassado ao Nagoya Grampus, que comprou o jogador em definitivo.

Divulgação

Alguns nomes são mais lembrados pelo torcedor celeste, mas não deixaram saudades. Após se recuperar de uma grave lesão que o tirou dos gramados por dois anos e meio, Judivan foi emprestado ao América-MG e depois para o CSA-AL, mas só jogou quatro partidas na campanha do time na Série B. Na lateral esquerda, Bryan defendeu o Vitória nesta temporada, mas já foi avisado de que não faz mais parte dos planos da equipe baiana. Apesar de estar à procura de um lateral para a reserva de Egídio, o Cruzeiro também não pretende contar com o atleta. Seu contrato vai até maio do ano que vem.

Dos jogadores que estão com o empréstimo válido até o fim do mês, dois já estão com suas situações resolvidas ou encaminhadas. O primeiro é Mayke, que já foi comprado pelo Palmeiras. O Cruzeiro até planejou contar com o atleta no ano que vem, mas a briga com Sassá fez a diretoria desistir do retorno. O segundo é Thonny Anderson, emprestado ao Grêmio com opção de compra. Aos 20 anos, o atacante fez 31 jogos no time de Renato, e os gaúchos já acenaram com o desejo de permanecer com o jogador.

Arrumar um destino para os jogadores será uma tarefa importante para a diretoria. Apesar da conquista milionária da Copa do Brasil, o clube não passa por um momento financeiro favorável. Como a ideia é de manter a base da equipe para 2019, quase todos os jogadores que retornam não devem ser aproveitados no plantel de Mano Menezes. Por isso, repassá-los novamente será uma maneira importante para poupar pelo menos parte dos vencimentos salariais. Outra solução pode ser utilizá-los como moeda de troca, já que o clube pretende abrir mão de alguns jogadores para driblar a falta de verba para contratações.

Jogadores emprestados que podem retornar ao Cruzeiro:

Alexandre Schneider/Getty Images

Defensores: Fabríco Bruno (Chapecoense), Digão (Fluminense), Arthur (Nacional da Ilha da Madeira-POR)
Laterais: Bryan (Vitória), Pará (Vitória), Victor Luiz (Londrina) e Breno Lopes (Atlético-GO),
Meio-campistas: Alex (Atlético-PR) e Nonoca (Sport)
Atacantes: Luiz Fernando (Criciúma), Halef Pitbull (Santa Cruz), Renato Kayser (Atlético-GO) e Judivan (CSA-AL)

*Mayke já foi comprado pelo Palmeiras, assim como Gabriel Xavier, adquirido pelo Nagoya Grampus-JAP. Thonny Anderson dever ser adquirido pelo Grêmio.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos