Família e "leilão" de presidente santista aproximam B. Henrique e Cruzeiro

Enrico Bruno, Samir Carvalho e Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte e Santos

  • RAFAEL RIBEIRO/ESTADÃO CONTEÚDO

    Bruno Henrique comemora gol do Santos contra o Fluminense pelo Brasileirão

    Bruno Henrique comemora gol do Santos contra o Fluminense pelo Brasileirão

O atacante Bruno Henrique fica mais próximo do Cruzeiro a cada dia, mesmo com o Santos não tendo gostado da primeira proposta do clube mineiro. Segundo apurou o UOL Esporte, o jogador está insatisfeito com uma espécie de leilão feito pelo presidente santista, José Carlos Peres, em relação aos clubes interessados em seu futebol.

Por conta disso, Bruno Henrique já está inclinado a fazer o desejo de sua família: retornar a Belo Horizonte, cidade onde nasceu. O jogador possui forte vínculo com a capital mineira, pois foi lá que cresceu, conheceu a esposa, tem imóvel e mora a maioria de seus familiares.

Esta semana, em jogo beneficente na Vila Belmiro, Bruno Henrique fez questão de negar que recebeu sete propostas e disse que o "presidente do Santos fala o que quiser", citando uma entrevista do dirigente alegando que recebeu todas estas propostas e que pretende fazer o melhor negócio, como na venda de Rodrygo ao Real Madrid, da Espanha. 

O Santos, por sua vez, alega internamente que Bruno Henrique está interessado em ir para Belo Horizonte, mas está seguindo o "caminho errado" para se transferir para o Cruzeiro. Dirigentes alegam que o jogador tem contrato e que o clube celeste terá que melhorar bastante a sua oferta para tirá-lo da Vila Belmiro.

Irritado com a proposta inicial e a lista de jogadores oferecidos, dirigentes santistas alegam que só vendem Bruno Henrique por R$ 40 milhões. No caso do Cruzeiro, eles chegaram a pedir o meia Arrascaeta em troca como provocação.

Apesar da dificuldade em negociar com o Santos, a Raposa estreita os laços com o jogador de 27 anos. O clube conta com a boa relação de Dênis Ricardo, agente do jogador, com o vice-presidente de futebol Itair Machado para tentar um acordo.

O dirigente e o ex-zagueiro se reaproximaram com a volta de Itair para o futebol. A dupla ainda não fez negócios na Toca da Raposa II. Mas conversam constantemente sobre a possível troca de clube do atacante.

Em contato com o UOL Esporte, a assessoria de Bruno Henrique diz que o jogador não quer se pronunciar e que deixa as negociações com o Santos e seu empresário. O clube paulista não quis falar publicamente sobre o assunto.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos