Mina aprova Felipão na Colômbia e abre as portas para Dudu na Europa

Do UOL, em São Paulo

  • NELSON ALMEIDA/AFP

    Mina abre o placar para o Palmeiras contra o Atletico Tucuman

    Mina abre o placar para o Palmeiras contra o Atletico Tucuman

Yerri Mina já deixou o Palmeiras, mas não deixa de acompanhar o desempenho de sua equipe no Brasil. Hoje no Everton, da Inglaterra, o zagueiro se disse feliz pelo título do Brasileirão do Alviverde e aprovou a possibilidade de ter Luiz Felipe Scolari como seu treinador na seleção da Colômbia.

O atleta afirmou que tem mantido conversas com Borja e sempre ouviu boas referências do técnico pentacampeão do mundo em 2002.

"Eu falei com o Borja sobre isso, e ele me disse que o Felipão trabalha muito bem como treinador. Ele me disse que o Felipão deixa os jogadores contentes, e isso é importante. Gosto de como o Palmeiras joga. Se ele for para a seleção, será muito bem-vindo. Queremos agora é sair campeões de algum torneio", afirmou à ESPN

"Sigo sempre o Palmeiras. Falo com o Borja, que é meu irmão. O Guerra é meu grande amigo. Para mim é muito bom que o Palmeiras ser campeão, agora é trabalhar para o time vencer de novo no ano que vem", completou.

Felipão já admitiu que recebeu um convite, mas a chance de saída no momento é pequena. Ele deve continuar no Alviverde, onde tem contrato até 2020.

Mina ainda disse que Dudu está pronto para uma provável ida para a Europa. Eleito craque do Brasileirão, o camisa 7 tem várias sondagens para deixar o Brasil.

"Sem dúvida [Dudu está pronto para a Europa]. O cara joga muito! É muito difícil de marca-lo. Dudu também é uma grande pessoa, um grande líder e acho que está preparado para vir e fazer coisas boas na Europa. Se vier, desejo toda sorte e que Deus o abençoe", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos