Bandeira é notificado por "uso da máquina" em véspera da eleição no Fla

Vinicius Castro

Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Gilvan de Souza/ Flamengo

    O presidente Bandeira de Mello escolheu Ricardo Lomba para representar a situação

    O presidente Bandeira de Mello escolheu Ricardo Lomba para representar a situação

A política do Flamengo segue quente na véspera da eleição (sábado, 8) que escolherá o presidente do clube no triênio 2019-2020-2021. Nesta sexta-feira (7), o atual mandatário Eduardo Bandeira de Mello foi notificado pelo Conselho de Administração por "uso da máquina administrativa" na candidatura de Ricardo Lomba, postulante da situação pela Chapa Rosa (Avança Mais, Flamengo). A denúncia teve origem na Comissão Permanente Eleitoral.

O ofício diz que "Em plena semana da eleição, a utilização de comunicados e propagandas com teor institucional do Clube em favor de uma determinada Chapa é inaceitável, uma vez que fere o princípio da isonomia e equilíbrio eleitoral". 

A campanha da situação tem veiculado vídeos com atletas do clube e na sede da Gávea para enumerar feitos da atual administração, que tenta seguir no comando através do vice-presidente de futebol, Ricardo Lomba. As publicações podem ser vistas no Twitter e Instagram da Chapa Rosa.

No documento assinado por Bernardo Amaral, presidente do Conselho de Administração - visto pela situação como partidário do opositor Rodolfo Landim -, é pedido que "sejam instaurados os procedimentos administrativos internos pertinentes em face de qualquer membro do Conselho Diretor que se utilize de sua posição no Clube ou de feitos do Flamengo para fins eleitorais". 

O ofício ainda encerra deixando claro que penalidades podem ser aplicadas por conta da campanha realizada em favor de Ricardo Lomba: "Reiteremos que a prática do uso indevido da chamada 'máquina administrativa' está sujeita a penas previstas em nosso estatuto e na legislação brasileira aplicável, e que este tema já foi objeto de comunicação desta Presidência a V.Sa., por meio do Ofício 09/2018 sem que houvesse aparentemente, contudo, a tomada de qualquer medida".

O presidente Eduardo Bandeira de Mello foi procurado pela reportagem do UOL Esporte para comentar o caso, mas optou por não se pronunciar.

Disputam a cadeira presidencial no Flamengo os seguintes candidatos: Ricardo Lomba (Chapa Rosa, Avança Mais, Flamengo), Rodolfo Landim (Chapa Roxa, Unidos Pelo Flamengo), Marcelo Vargas (Chapa Branca, Fla-Tradição) e José Carlos Peruano (Chapa Amarela, Coração Valente).

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos