Recuperado, Danilo projeta disputa no gol e vê Inter protagonista em 2019

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

  • Ricardo Duarte/Inter

    Danilo Fernandes acena; lesão tirou goleiro do Inter de boa parte da temporada

    Danilo Fernandes acena; lesão tirou goleiro do Inter de boa parte da temporada

Danilo Fernandes vai voltar a estar à disposição do Internacional. Após perder o fim da temporada 2018 com uma lesão no ombro direito, o goleiro de 30 anos está pronto para disputar posição no gol a partir do recomeço das atividades. E ainda projeta o time como protagonista na próxima temporada.

Em entrevista exclusiva ao UOL Esporte, o goleiro contou como foram a recuperação da cirurgia que precisou fazer em agosto, a recuperação e as dificuldades naturais de ficar fora.

"Foi muito ruim não poder jogar, não poder estar dentro de campo. Tenho um carinho enorme pelo Inter e queria poder estar em campo ajudando, ficar de fora é muito ruim. Mas, infelizmente, faz parte da nossa profissão. Mesmo de fora não deixei de acompanhar, eu ia em todos o jogos no Beira-Rio, e os jogos fora eu assistia de casa, dia de jogo do Inter era sagrado", disse.

Uniu forças da torcida, da família, trabalhou e, no fim do ano, já participou de alguns treinos, retomando a atividade que motiva para o ano que vem.

"A torcida do Inter é fantástica, o apoio deles através das redes sócias e no estádio foi um combustível extra para voltar o quanto antes a vestir esse manto. Sou grato demais a eles e minha família, me ajudaram muito nesse período", disse, listando este fator entre os que mais o ajudaram durante a recuperação da lesão.

"O apoio da família e carinho da torcida. Não tem como ser diferente. Em casa, pude acompanhar o crescimento do meu filho e os primeiros meses da minha filha. Olhar para eles me motiva ainda mais para trabalhar e poder orgulhar eles", completou.

A programação foi, parcialmente, vencida. Danilo já realizou atividades de fisioterapia, iniciou treinos de goleiro sem contato com adversários e acredita em 100% no início das atividades de pré-temporada.

"O departamento médico e todo estafe do clube são fenomenais, cuidaram de tudo da melhor forma possível. Sou grato a eles por toda minha recuperação e todo cuidado que tiveram comigo. Voltar a treinar foi uma emoção enorme, parecia primeiro treino pelo clube. A gente sofre muito quando não pode fazer o que a gente gosta, agora é manter o treinamento para na pré-temporada estar 100%", afirmou. "Estou me recuperando muito bem. Já voltei a treinar com bola, e agora espero voltar a treinar normalmente em janeiro e poder estar à disposição o mais rápido possível", acrescentou.

De fora, Danilo viu crescer um amigo pessoal. Marcelo Lomba assumiu a titularidade e foi eleito melhor goleiro do Campeonato Brasileiro na seleção da CBF. E, mesmo ganhando um concorrente pelo posto de titular, que era seu até a lesão, Danilo ficou feliz pelo amigo.

"Ele é um cara batalhador, não é surpresa para nós a temporada que ele fez. É um grande goleiro e amigo e esta de parabéns por tudo que fez. É merecedor", explicou. "Esse problema a gente deixa pro Odair. Importante é que quem ganha com isso é o clube, é aquele famoso problema bom que todo treinador gostaria de ter", acrescentou.

De olho na Libertadores, Danilo prevê o Colorado como protagonista e quer fazer história em Porto Alegre.

"O Inter é gigante, e sempre entra brigando para ser protagonista. Não vai ser diferente em 2019. Sabemos que temos um grupo qualificado e muito unido, e todos estão com um desejo enorme de dar uma conquista para torcida", finalizou.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos