Morre o presidente da Colômbia que abriu mão de sediar a Copa de 1986

Do UOL, em São Paulo

  • Kathryn Cook/AP Photo

    Belisario Betancur tinha 95 e presidiu a Colômbia entre 1982 e 1986

    Belisario Betancur tinha 95 e presidiu a Colômbia entre 1982 e 1986

Belisario Betancur, que foi presidente da Colômbia entre 1982 e 1986 e morreu na última sexta-feira, tem uma participação importante nas histórias da Copa do Mundo. Foi dele a decisão de abrir mão da disputa do Mundial em 1986.

A escolha pelo país sul-americano havia sido anunciada pela Fifa em 1974, durante a presidência de Misael Pastrana Borrero - que, assim como o sucessor, pertencia ao Partido Conservador. Mas, oito anos depois, ele veio a público informar que não sediaria a Copa que migrou para o México e viu Maradona ser campeão. 

"Como preservamos o bem público, como sabemos que o desperdício é imperdoável, anuncio a meus compatriotas que o Mundial de Futebol de 1986 não será realizado na Colômbia, mediante democrática consulta sobre quais são nossas reais necessidades. Não se cumpriu a regra de ouro, na qual o Mundial deveria servir à Colômbia, e não a Colômbia à multinacional do Mundial", discursou o presidente colombiano na época.

"Aqui temos outras coisas para fazer, e não há sequer tempo para atender às extravagâncias da Fifa e de seus sócios. (Gabriel) García Márquez nos compensa totalmente o que perdemos de vitrine com o Mundial de futebol", acrescentou. 

Mike King/Getty Images
Diante da desistência colombiana, México foi escolhido país-sede da Copa de 1986

Entre as exigências da Fifa para aquele Mundial, segundo artigo do jornal El País (Espanha) na época, estava o número de sedes para o torneio: 12, todos com capacidades mínimas de 40 mil espectadores e excelente sistema de iluminação. As cidades deveriam contar com aeroportos e acessos via rodovias e ferrovias. O México recebeu o torneio em 12 estádios de 11 cidades.

A Colômbia acabou nem sequer disputando a Copa do Mundo de 1986. Eliminada na primeira fase em seu grupo (a Argentina garantiu vaga direta), a seleção colombiana foi para uma repescagem contra Paraguai, Chile e Peru. Os paraguaios eliminaram os colombianos na primeira fase da repescagem continental e passaram depois pelos chilenos, avançando à Copa.

Em 2006, o então presidente da Colômbia, Álvaro Uribe, chegou a anunciar a intenção de disputar com o Brasil o direito de sediar o Mundial de 2014. Desta vez, porém, o plano não durou: no ano seguinte, a Federação Colombiana de Futebol enviou carta à Fifa para anunciar sua desistência, apoiando a candidatura brasileira.

Belisario Betancur se casou duas vezes. Com Rosa Helena Álvares Yepes, viveu de 1946 a 1998, quando ela morreu. Em 2000, casou-se com Dalia Rafaela Navarro Palmar. O ex-presidente deixa três filhos: Beatriz, Diego e María Clara.

Receba notícias pelo Facebook Messenger

Quer receber notícias de esporte de graça pelo Facebook Messenger?
Clique aqui e siga as instruções.

UOL Cursos Online

Todos os cursos