Topo

Futebol


Na mira do Flamengo, Ganso é liberado para Natal e espera definição

 Reuters/Benoit Tessier
Paulo Henrique Ganso em ação pelo Amiens durante jogo contra o PSG Imagem: Reuters/Benoit Tessier

José Edgar de Matos

Do UOL, em São Paulo

2018-12-12T17:06:48

12/12/2018 17h06

Paulo Henrique Ganso está liberado pelo Amiens-FRA para aproveitar as Festas de fim de ano (Natal e Ano Novo). Nesta quarta-feira (12), o meia chegou a um acordo com o clube francês para não atuar mais em 2018 e deve vir ao Brasil para encontrar a família, enquanto aguarda a definição do futuro. O UOL Esporte confirmou a informação com pessoas próximas ao jogador revelado pelo Santos.

O Amiens tem em mãos uma proposta para liberar o jogador na janela de janeiro e ainda está analisando. A resposta definitiva deve ocorrer nos próximos dias. O jogador, portanto, vai aguardar a definição do futuro longe da França.

A tendência é que Ganso aproveite a liberação deste fim de ano e viaje para o Brasil, a fim de passar os dois feriados com a família. Na bagagem, o desejo de resolver seu futuro e ficar no país de origem. O jogador está na mira do Flamengo e é um pedido do técnico Abel Braga, como mostrou o UOL Esporte em reportagem publicada na última terça-feira. O treinador, por sua vez, nega que tenha feito tal pedido.

Clube e representantes do jogador esperam aproveitar os próximos dias para avançarem nos contatos.

Neste período, o Amiens tem três partidas pela frente, a começar pelo compromisso deste sábado, às 17h (de Brasília), contra o Angers, em casa, pela liga local. O time do meia brasileiro ainda encara Lyon (Copa da Liga) e Bordeaux (Campeonato Francês) antes do Natal.

Frustrado com este meio semestre no Amiens, Ganso trabalha para voltar ao Brasil já em janeiro. A ideia de retornar surgiu depois da derrota por 2 a 0 para o Monaco, no último dia 4. 

Além da falta de espaço no time francês, o meia recebeu contatos preliminares para interromper a carreira europeia já nesta janela. Desde o início do mês, as conversas começaram para interromper o contrato com o Amiens, que ocupa só a 17ª posição na tabela da liga.

O clube do norte da França, por outro lado, revelou em nota oficial que o jogador também possui em mãos uma proposta chinesa. A reportagem apurou que a diretoria aguarda uma compensação para ceder a liberação definitiva. 

Ganso tem contrato de empréstimo até o meio de 2019. O Sevilla é o dono dos direitos econômicos do ex-camisa 10 de Santos e São Paulo.

O presidente do Amiens, Bernard Joannin, também se pronunciou sobre o assunto antes da reunião com jogador e estafe, ocorrida nesta quarta-feira. 

"Ele veio para reviver, mas é impaciente. Essa impaciência o levou a tomar uma decisão precipitada. Mas já está esquecido. Deixe o tempo passar e vamos focar no jogo de sábado, contra o Angers. Sempre disse, o coletivo é importante, mas isso não me impede de tratar casos individuais separadamente".

Mais Futebol