Topo

Futebol


Coritiba negocia com Alex Muralha e pode liberar Wilson para a Chapecoense

Staff Imagens/Flamengo
Alex Muralha pelo Flamengo: Coxa pode repatriar o jogador para 2019 Imagem: Staff Imagens/Flamengo

Napoleão de Almeida

Colaboração para o UOL, em São Paulo

2019-01-02T09:46:17

02/01/2019 09h46

O goleiro Alex Muralha, ex-Flamengo e Figueirense, entre outros, está perto de retornar ao Brasil para defender o Coritiba. A negociação entre o clube e o jogador está avançada e restam apenas detalhes do contrato para que ele seja anunciado. Com a possível chegada de Muralha, o Coxa deve liberar Wilson para negociar com a Chapecoense, que fez sondagens junto ao clube paranaense para ter o atual camisa 1 (de fato, 84) do Alviverde.

Aos 29 anos, Muralha tem contrato com o Flamengo até 2020, mas já foi liberado para procurar outro clube. Ele disputou a temporada 2018 pelo Albirex Niigata, do Japão, que acabou na 16ª posição entre 22 clubes da segunda divisão japonesa. Muralha trabalhou com o técnico Argel Fucks no Figueirense em 2015. Alex Muralha voltaria assim a jogar no futebol paranaense, onde defendeu o Serrano, de Prudentópolis, e ganhou o apelido "Muralha" no começo da carreira em 2008.

Com Muralha, o Coritiba deve liberar Wilson para retomar negociações com a Chapecoense, clube que procurou o goleiro no final de 2018, mas esbarrou na pedida paranaense. O Coxa tem contrato com Wilson até 2020 e quer uma indenização para liberar o atleta, que tem um dos salários mais altos do elenco. Entretanto, a possibilidade de fechar com Muralha pode reabrir as conversas. A Chapecoense considerou difícil o negócio inicial e trata o tema como "frio" no momento. 

O Coritiba se reapresenta nesta quarta-feira (02) para a temporada 2019. O primeiro jogo da equipe no ano será contra o Foz do Iguaçu, em 20 de janeiro, às 17h, na primeira rodada do Campeonato Paranaense.
 

Mais Futebol