Topo

Futebol


SPFC empresta Thomaz ao Bolivar e fica perto de liberar Pedro ao Criciúma

Érico Leonan/saopaulofc.net
O meia Thomaz, que defendeu o São Paulo em 2017, foi emprestado para o Bolivar Imagem: Érico Leonan/saopaulofc.net

José Eduardo Martins

Do UOL, em São Paulo

2019-01-04T10:56:26

04/01/2019 10h56

O São Paulo movimenta mais uma vez o mercado da bola. O Tricolor acertou o empréstimo de Thomaz para o Bolivar até o fim desta temporada. O meia, de 32 anos, tem vínculo com o clube do Morumbi até 2020, mas não fazia parte dos planos do treinador André Jardine. Os salários do atleta serão divididos entre os brasileiros e os bolivianos.

Em 2018, o meia havia defendido o Red Bull no Campeonato Paulista, e o Paysandu, na Série B do Brasileirão. A negociação gerou polêmica na Bolívia, pois o jogador se destacou em sua passagem pelo Jorge Wilstermann, arquirrival do Bolivar, entre 2014 e 2017. Quando atuava pelo Wilstermann, ele marcou 24 gols e chegou até a se naturalizar boliviano.

Após participação na Libertadores de 2017, ele chamou a atenção do então técnico do São Paulo, Rogério Ceni, que indicou a contratação. No Tricolor paulista, ele disputou 19 partidas e marcou dois gols.

Outro jogador que está muito perto de acertar a sua transferência é atacante Pedro Bortoluzo. O jovem, de 22 anos, negocia com o Criciúma. A expectativa é de que o empréstimo, até o fim deste ano, seja concretizado em breve.

Vinculado ao São Paulo até até março de 2020, ele também não tinha espaço no elenco atual do Tricolor e foi indicado pelo ex-coordenador de futebol do clube e hoje consultor do Criciúma, Ricardo Rocha. 

Mais Futebol