Fla se acerta com o Cruzeiro e desiste de Dedé após compra de Arrascaeta

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Ale Cabral/AGIF

    Dedé (à dir.) estava na mira do Flamengo. Cruzeiro, porém, conseguiu acordo para segurar jogador

    Dedé (à dir.) estava na mira do Flamengo. Cruzeiro, porém, conseguiu acordo para segurar jogador

A reunião que selou a venda de Arrascaeta do Cruzeiro para o Flamengo definiu também o futuro de Dedé. Os cariocas não insistirão na contratação do zagueiro de 30 anos a pedido da diretoria celeste.

Durante o encontro ocorrido em Montevidéu, na noite dessa terça-feira (8), o empresário André Cury, representante da Raposa no negócio, disse a Bruno Spindel, CEO do Fla, que uma das exigências cruzeirenses para a venda de Arrascaeta era a desistência oficial de Dedé.

Com o intuito de fechar definitivamente o negócio pelo uruguaio, os cariocas não titubearam e aceitaram o pedido dos mineiros. O acordo não necessitou de assinatura. Foi tudo alinhavado verbalmente.

A informação foi divulgada pela ESPN Brasil e confirmada pelo UOL Esporte com pessoas ligadas ao negócio que envolveu a venda de Arrascaeta ao Flamengo.

Desta forma, o clube rubro-negro comunicará ao estafe de Dedé que a oferta de R$ 600 mil mensais feita ao jogador será retirada. Na Toca da Raposa II, o zagueiro fatura pouco mais de R$ 280 mil.

Os cariocas já haviam apresentado uma proposta de R$ 15 milhões ao Cruzeiro. Porém, o montante foi recusado. Na sequência, o clube acenou com uma oferta de R$ 30 milhões, valor que balançou os investidores que levaram o atleta a Belo Horizonte em abril de 2013. O negócio, no entanto, não avançou.

Em agosto de 2018, Dedé estendeu o vínculo que possuía com o Cruzeiro. O jogador renovou o contrato até dezembro de 2021.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos