Hernanes vira trunfo do São Paulo contra pressão sobre Pablo

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

O São Paulo comemora a volta de Hernanes. Não só pelos motivos mais claros, como a técnica refinada e o poder de decisão. Mas também por ajudar a carregar um peso que poderia ficar somente nas costas de Pablo, que se tornou uma das contratações mais caras da história do Tricolor ao ser comprado por 6 milhões de euros (cerca de R$ 26,5 milhões).

MERCADO DA BOLA:
- São Paulo faz jogo duro e não deve vender o goleiro Lucas Perri
- Caíque desiste e empréstimo ao Bahia fica travado
- Tricolor pode fazer mais de R$ 60 milhões sem mexer no elenco

A figura do Profeta atrairá a responsabilidade. É nele que os adversários vão reservar as maiores preocupações e os torcedores são-paulinos, as maiores esperanças. Assim, Pablo terá um pouco mais de paz em seu processo de adaptação depois de anos no Athletico Paranaense, sob a sombra do dinheiro investido pelos tricolores.

A pressão gerada pelos milhões costuma estigmatizar jogadores. O Flamengo viveu isso em 2018 com Vitinho, que saiu do CSKA, da Rússia, para a Gávea por 10 milhões de euros. A cada partida irregular, o meia-atacante era criticado e o posto de "maior contratação da história do clube" era ressaltado. A cobrança foi constante e com alto nível de exigência.

Pablo poderia enfrentar cenário semelhante. Quando os valores propostos pelo São Paulo ao Furacão se tornaram públicos, muitos torcedores já passaram a questionar se o negócio realmente valeria a pena. Um movimento que perdeu força enquanto o Tricolor foi se reforçando e praticamente extinguiu quando Hernanes foi anunciado.

O fato de não ter perdido peças importantes no setor ofensivo e ainda ter contratado mais jogadores também ajudou o São Paulo a construir esse cenário mais favorável a Pablo. Diego Souza, artilheiro do time na última temporada, e Nenê, vice-goleador, seguem no elenco. Everton, outro destaque, idem. 

Com esses nomes mais experientes e a referência de Hernanes, há esperança de que Pablo rapidamente se entrose e consiga desenvolver o futebol que o colocou entre os atletas mais cobiçados do futebol brasileiro em 2018. A primeira chance de mostrar serviço será nesta quinta-feira, às 22h, contra o Eintracht Frankfurt, da Alemanha. O atacante deve ser titular, assim como o Profeta, na estreia da Florida Cup, nos Estados Unidos.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos