Ele é filho de campeão do mundo, recebeu conselho de Neymar e eliminou PSG

Do UOL, em São Paulo

  • Anne-Christine POUJOULAT / AFP

O Guingamp é o lanterna do Campeonato Francês e chegou ao Parque dos Príncipes na última quarta-feira (9) como grande azarão para o confronto contra o PSG pelas quartas de final da Copa da Liga Francesa. Mas a modesta equipe aprontou na casa do rival e eliminou o badalado time de Paris com destaque para Marcus Thuram, dono de um sobrenome de peso no futebol.

O jovem atacante de 21 anos é filho de Lilian Thuram, ex-lateral direito que foi campeão do mundo com a França em 1998 e que atuou por Monaco, Parma, Juventus e Barcelona. No duelo contra o PSG, Marcus pintava como vilão, mas acabou como herói do Guingamp.

O camisa 21 teve a principal chance do jogo até então aos 13 minutos do segundo tempo, quando Blas sofreu pênalti de Meunier. Thuram foi para a bola, mas isolou. Menos de dois minutos depois, Neymar abriu o placar para o PSG. A história mudou nos acréscimos.

Getty Images
Lilian Thuram, durante jogo pela Juventus

Os visitantes já haviam empatado com Ngbakoto em nova penalidade quando Marcus foi derrubado na área e viu a arbitragem assinalar o terceiro pênalti. Ele bateu e garantiu o Guingamp na semifinal. Antes, porém, recebeu um incentivo de Neymar.

"Neymar me encorajou a cobrar o pênalti da vitória depois de eu ter perdido o primeiro pênalti que cobrei", disse na saída do estádio.

Marcus deixou o Parque dos Príncipes como grande personagem da partida e fez seu pai ficar orgulhoso. O atacante começou a carreira nas categorias de base do Sochaux e estreou como profissional no time B do clube em 2014. Depois, subiu para a equipe principal, mas fechou com o Guingamp em 2017.

O filho de Lilian mede 1,92m e tem como principais características o drible e a velocidade. Ele pode jogar como centroavante ou aberto pelas pontas e teve passagens pelas seleções de base da França do sub-17 ao sub-20, mas nunca foi convocado para a equipe principal. Pelo Guingamp, são 49 partidas e 12 gols, o principal deles, sem dúvidas, no duelo contra o PSG. E com ajuda de Neymar.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos