Topo

Futebol


Atlético-MG ignora histórico de polêmicas e aposta em Vinicius por 2 anos

Ulisses Gama / Bahia Notícias
Atacante Vinícius, do Bahia, a caminho da delegacia após polêmico Ba-Vi Imagem: Ulisses Gama / Bahia Notícias

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-01-11T04:00:00

11/01/2019 04h00

O Atlético-MG decidiu apostar em Vinicius, mesmo com as polêmicas que marcaram a carreira do meia-atacante. Em reunião com o agente Francisco Godoy na tarde dessa quinta-feira (10), a diretoria alvinegra acertou por dois anos com o jogador.

Livre desde que encerrou o seu contrato com o Bahia, em dezembro do ano passado, o jogador de 27 anos carrega no currículo um vasto histórico de polêmicas.

Em 2018, durante o Campeonato Baiano, festejou um gol de pênalti com dança provocativa em frente à torcida do Vitória no Barradão e fez com que o clássico terminasse antes do período regulamentar por conta de uma confusão generalizada. Houve troca de empurrões e socos dos rivais em campo após a comemoração. O duelo foi encerrado depois de nove expulsões. Por W.O., o Bahia terminou como vencedor do clássico.

No Athletico-PR, a situação foi um pouco mais tensa. Foi afastado ao recusar uma transferência para o Goiás em 2016. Um ano mais tarde, teve problema com a diretoria do clube que foi parar na Polícia Civil. Ele registrou um boletim de ocorrência alegando coação do então vice-presidente Márcio Lara e do gerente de mercado Sidclei Menezes. No mesmo dia, os paranaenses divulgaram nota dizendo que ele seria suspenso por sete dias, contestando a sua versão do ocorrido. Os dirigentes alegavam que ele tinha ameaçado o gerente de negócios com as palavras "vai encarar?".

Em sua chegada a Belo Horizonte, alinhavada pelos agentes André Cury e Francisco Godoy, Vinicius tem uma nova chance na carreira. Os episódios de indisciplina foram negligenciados pela diretoria atleticana para que houvesse acordo.

O clube venceu a concorrência do Botafogo para fechar com o jogador. Zé Ricardo, técnico da equipe carioca, foi quem pediu a sua contratação. Nessa quinta-feira, porém, eles foram informados de que o meia-atacante já havia se acertado com o Galo até dezembro de 2020.

Mais Futebol