Ramires terá que esperar até outubro para deixar o futebol chinês

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

  • Masashi Hara/Getty Images

    Ramires deve permanecer no Jiangsu Suning, da China, até o fim do contrato

    Ramires deve permanecer no Jiangsu Suning, da China, até o fim do contrato

De volta ao time principal do Jiangsu Suning, da China, Ramires ainda deseja deixar o país para atuar em outro mercado mais competitivo. O volante não recebeu ofertas nesta janela de transferências e sabe que os chineses não o liberarão facilmente, mesmo que já tenha expressado o seu desejo em público. Com vínculo até dezembro de 2019, o atleta definiu ao lado do estafe a estratégia de esperar o fim da próxima temporada local, em meados de outubro, para tentar um novo destino.

Em contato com a De Primeira, Ramires minimizou a possibilidade e se preocupou em falar do bom ambiente na China. "Tenho contrato com o Jiangsu até o final de 2019 e minha intenção é cumprir com esse acordo. Tivemos algumas divergências no ano passado que acabaram fazendo com que eu não fosse inscrito para a disputa do Campeonato Chinês, mas todas essas questões já foram resolvidas. Tenho um bom ambiente com todos da direção e da comissão técnica do Jiangsu e estou bastante motivado para voltar a defender o clube"

Para ler esta notícia na íntegra, além de outras novidades dos bastidores da bola, acesse a De Primeira.

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos