Topo

Futebol


Presidente do Santos já vê Bryan Ruiz fora e diz que Pérez é realidade

REUTERS/Javier Barbancho
Capitão do Boca Juniors está perto de transferência para o Peixe Imagem: REUTERS/Javier Barbancho

Bruno Grossi

Do UOL, em São Paulo

2019-01-13T21:00:24

13/01/2019 21h00

O Santos estreou na temporada neste domingo e empatou por 1 a 1 com o Corinthians em Itaquera. Mas os bastidores do clube seguem como foco. Em entrevista na saída da Arena Corinthians, o presidente José Carlos Peres falou que está muito próximo de contratar o volante Pablo Pérez, do Boca Juniors, e que já não conta mais com o meia Bryan Ruiz.

O costarriquenho pediu rescisão de contrato com o Peixe, já que pouco atuou na última temporada sob o comando de Cuca e também não goza de muito prestígio com o recém-chegado Jorge Sampaoli. O Santos aceita liberá-lo, mas quer que seu empresário encontre uma proposta no mercado que seja benéfica para o time alvinegro.

"O Bryan Ruiz não é uma decepção. Ele entende que precisa de oportunidade e nós temos que respeitar o comandante (Sampaoli). E já aceitamos que ele vai sair. Se o jogador não quer ficar, não temos como segurar. Estamos esperando que chegue alguma proposta para acertarmos a saída", explicou o mandatário santista.

Com Ruiz fora dos planos, o caminho fica aberto para a contratação de outro estrangeiro. E Pablo Pérez é quem está mais próximo de chegar ao Peixe. O volante, que foi capitão do Boca nos últimos anos, é visto por José Carlos Peres como grande reforço e uma realidade para a equipe da Vila Belmiro.

"Hoje nossa prioridade é um lateral esquerdo e um volante. O Santos é um time em recuperação financeira, então não podemos demonstrar irresponsabilidade. Essa semana, pelo menos, mais dois reforços devem chegar. Eu acredito que sobre o Pérez não devemos ter dificuldade, pois o Boca comprou um volante colombiano (Jorman Campuzano, do Atlético Nacional), caro, que chega pra ser titular", disse Peres.

Até agora, o Santos contratou apenas o meia venezuelano Yeferson Soteldo, de 21 anos e que estava na Universidad de Chile. 

Mais Futebol