Topo

Futebol


Ida de Manoel para Corinthians reabre porta para Fabrício Bruno no Cruzeiro

Alexandre Schneider/Getty Images
Zagueiro começou pré-temporada na Chape, mas já é aguardado para retornar ao Cruzeiro Imagem: Alexandre Schneider/Getty Images

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-01-14T04:00:00

14/01/2019 04h00

O Cruzeiro acertou que o zagueiro Manoel deixará o clube em 2019 e será emprestado para o Corinthians. Com isso, a transferência do defensor influencia diretamente no futuro de Fabrício Bruno, jogador da mesma posição que estava na Chapecoense, mas que ainda não sabia qual camisa iria vestir neste ano. Agora, a saída de um reflete no retorno do outro.

Fabrício Bruno passou a temporada passada emprestado para a Chapecoense. Aos 22 anos, o jogador agradou muito no time catarinense, que tentou prorrogar seu vínculo. Apesar de o zagueiro ter iniciado a pré-temporada em Chapecó, o Cruzeiro ainda não tinha dado o sinal verde para Fabrício seguir em Santa Catarina, já que esperava um desfecho sobre Manoel. Agora, o clube já sinalizou que Fabrício deverá voltar para Belo Horizonte para ser reintegrado ao elenco principal. O atleta já se despediu dos antigos companheiros e é aguardado nesta segunda-feira na Toca da Raposa.

No segundo semestre do ano passado, a diretoria do Cruzeiro estudou colocar a posição de zagueiro na lista de reforços. Contudo, o técnico Mano Menezes elogiou bastante o jovem Cacá e revelou ter interesse em vê-lo com mais frequência neste ano, tornando desnecessária a contratação de outro nome.

Com Léo e Dedé, titulares absolutos, a Raposa ainda conta com Murilo, Manoel e Cacá para a temporada. Mas a intenção de diminuir sua folha salarial foi um dos motivos para o Cruzeiro buscar a saída de Manoel e aproveitar o retorno de Fabrício Bruno, que tem os vencimentos mensais inferiores. Desde o final do ano passado, Manoel virou moeda de troca do Cruzeiro e passou a ter seu futuro indefinido em Belo Horizonte.

Fabrício Bruno é mineiro de Contagem e foi revelado no Cruzeiro. Visto como uma das boas revelações da escola de zagueiros da Raposa, o jogador foi emprestado para a Chapecoense pela primeira vez em 2017, permanecendo também na temporada seguinte.

Mais Futebol