Topo

Futebol


Avião com jogador argentino perde contato e é procurado no Canal da Mancha

Do UOL, em São Paulo

2019-01-22T07:22:12

22/01/2019 07h22

O jogador argentino Emiliano Sala, do Cardiff City, estava no avião de pequeno porte que perdeu contato com a torre de controle na noite da última segunda-feira (21), no Canal da Mancha, e ainda não foi encontrado, confirmaram fontes policiais francesas às agências "AFP" e "AP". 

A Guarda Costeira da Grã-Bretanha realiza buscas nas proximidades da fronteira marítima entre Inglaterra e França desde que o avião sumiu do radar, a cerca de 20 quilômetros ao norte da ilha Guernesey. Além de Sala, um piloto estava no voo.

Leia também
"Não espero achar ninguém vivo", diz oficial envolvido nas buscas de avião
Pai de Emiliano Sala se diz desesperado com falta de notícias sobre avião

O presidente do Cardiff City, Mehmet Dalman, mostrou preocupação com a notícia de que Sala estaria no voo que iria de Nantes, na França, para Cardiff, no País de Gales. Ele acertou sua transferência do time da cidade francesa para o galês há três dias.

"Estamos muito preocupados com as últimas notícias de que uma aeronave perdeu o contato na última segunda. Estamos aguardando confirmação antes de podermos falar mais alguma coisa. Estamos muito preocupados com a segurança de Emiliano Sala", disse.

O Nantes, por sua vez, pediu o adiamento do jogo contra o Entente e foi atendido.

O aeroporto de Cardiff confirmou que a aeronave deveria chegar de Nantes, mas uma porta-voz disse que não havia mais detalhes. A Guarda Costeira britânica confirmou o envio de dois helicópteros para ajudar na procura.

As buscas para encontrar o avião que levava duas pessoas foram interrompidas durante a madrugada pelas difíceis condições meteorológicas e retomadas esta manhã, segundo a Polícia de Guernesey, que não divulgou a identidade dos passageiros.

Atacante de 28 anos, Sala se transferiu ainda jovem para a França, onde iniciou sua carreira profissional no Bordeaux. Em 2015, ele transferiu-se para o Nantes, por onde se destacou. Antes, ele já havia jogado por empréstimo no Órleans, Niot e Caen. 

No último sábado, o jogador assinou um contrato de três anos e meio com o Cardiff City, que disputa o Campeonato Inglês. O valor não foi divulgado, mas segundo a imprensa britânica o clube galês bateu o recorde de transferência, superando os 11 milhões de euros pagos pelo chileno Gary Medel em 2013.

Mais Futebol