Topo

Futebol


Rodriguinho se apresenta ao Cruzeiro com ambição de Libertadores e Seleção

Cruzeiro/Divulgação
Meia chegou motivado para corresponder às expectativas, ganhar títulos e voltar à seleção Imagem: Cruzeiro/Divulgação

Enrico Bruno

Do UOL, em Belo Horizonte

2019-01-29T17:06:34

29/01/2019 17h06

Anunciado há pouco menos de uma semana como reforço do Cruzeiro, o meia Rodriguinho foi oficialmente apresentado nesta tarde de terça-feira. Em uma longa entrevista na Toca da Raposa, o ex-jogador do Corinthians falou sobre sua expectativa ao deixar o Pyramids, do Egito, para voltar ao Brasil e vestir a camisa celeste. Ambicioso, o novo reforço falou da força do clube para levantar novos títulos e do sonho de mostrar um futebol capaz de levá-lo de volta para a Seleção Brasileira.

"Está estampado no meu rosto a felicidade de estar em um grande clube como o Cruzeiro, de poder representar essa camisa, de ter sido bem recebido pela torcida, pelos companheiros e diretoria. Alegria imensa representar um clube com uma história maravilhosa, que tem um time competitivo. Sei que a possibilidade de sermos ainda mais felizes é muito grande. Venho para somar, espero ter e dar alegrias a todos", iniciou.

O interesse do Cruzeiro por Rodriguinho surgiu no final do ano passado, mas só esquentou mesmo após a saída de Arrascaeta. Segundo o vice-presidente de futebol, Itair Machado, o clube pagou US$4 milhões (R$14,8 milhões) para repatriar o atleta. O meia despertou o interesse de outras equipes, mas foi pedido por Mano Menezes e ficou satisfeito com o projeto do Cruzeiro.

"É uma ambição de todos. Assim que apareceu a oportunidade, eu liguei para o Edilson (lateral direito). Ele me falou super bem do clube, sobre coisas que eu já via de fora, mas que eu não estava dentro para saber. Me passou informações do grupo, da ambição. Sem dúvidas, é um time que tem todas as qualidades para ser campeão da Libertadores. Se nós mantivermos nossa concentração, o trabalho feito aqui dentro, temos totais condições de brigar por todos os campeonatos que disputar", disse.

Além de dar muitas alegrias ao torcedor do Cruzeiro, outro desejo de Rodriguinho é de fazer do clube um trampolim para retornar à seleção brasileira. No auge da carreira, atuando pelo Corinthians, o meia foi convocado por Tite, em 2017. No ano passado, o jogador ficou na lista de suplentes para a Copa do Mundo, mas perdeu espaço depois que foi jogar no exterior. Agora ele quer recuperar a vaga que já foi dele.

"É um sonho que nunca pode morrer para um atleta de alto nível que já esteve lá, que já sentiu o gosto de vestir aquela camisa. É um sonho que está dentro de mim e sempre estará. A gente tem que sonhar", falou Rodriguinho.

"O meu trabalho aqui dentro, ajudando meus companheiros, sendo decisivo nos jogos, é o que vai me credenciar para voltar a sonhar com a seleção brasileira. Tenho a maior motivação para vestir essa camisa, fazer história aqui e sonhar com a Seleção", concluiu.

Mais Futebol