Topo

Futebol


O que Vasco e Goiás têm para serem os únicos da Série A com 100% no ano?

Siga o UOL Esporte no

Bruno Braz

Do UOL, no Rio de Janeiro

05/02/2019 04h00

Entre os 20 clubes brasileiros que disputam a Série A do Campeonato Brasileiro, somente Vasco e Goiás ainda não sabem o que é tropeço em 2019. Foram cinco jogos e cinco vitórias, o que lhes rende 100% de aproveitamento em suas respectivas competições regionais. Mas afinal de contas, o que a dupla tem apresentado para estar com um rendimento superior a outras equipes mais badaladas neste início de ano?

Leia mais:

Defesas menos vazadas

As defesas de Vasco e Goiás são as menos vazadas do Campeonato Carioca e do Campeonato Goiano, respectivamente. O Cruzmaltino sofreu apenas 2 gols. Já o Esmeraldino ainda não teve sua rede balançada e o goleiro Sidão está há mais de 450 minutos intransponível.

"O bom desempenho defensivo é mérito total do Alberto, nosso treinador. Ele trouxe um padrão de jogar defensivamente que todos entenderam, não apenas quem atua lá atrás. Quando estamos sem a bola, todos possuem obrigação de marcar, se posicionar bem, fechar espaços. A equipe comprou essa estratégia principalmente por ver que ela vem dando resultado", elogiou o zagueiro e capitão vascaíno Leandro Castan.

Garotada desequilibrando

Outro ponto tem sido o destaque da prata-da-casa. No Vasco, o atacante Marrony, de 19 anos, já fez três gols e tem ajudado os cariocas. No Goiás, quem tem feito sucesso é o também atacante Michael, de 22 anos, que já fez quatro tentos e tentou ser contratado pelo Santos, que ofereceu R$ 10 milhões e mais o empréstimo de Copete. Os goianos, porém, recusaram e só aceitam vendê-lo pela multa de R$ 30 milhões.

Experientes estão bem

Apostando numa mescla entre os jovens e experientes, Vasco e Goiás têm obtido bons retornos dos jogadores mais rodados. No Cruzmaltino os destaques ficam por conta do goleiro Fernando Miguel, do zagueiro Leandro Castan e do meia Thiago Galhardo. O atacante Maxi Lopez e o meia Bruno César passaram a ser utilizados somente agora pelo técnico Alberto Valentim seguindo um planejamento especial sugerido pela fisiologia.

No Esmeraldino que tem ido bem é o goleiro Sidão (ex-São Paulo e Botafogo), o zagueiro Rafael Vaz (ex-Flamengo e Vasco) e o meia Marlone (ex-Vasco, Fluminense, Corinthians, Cruzeiro e Sport). Recentemente o clube ganhou o reforço por empréstimo do lateral esquerdo Marcelo Hermes, do Cruzeiro.

Treinadores da nova geração

Ambos os clubes têm apostado em treinadores da nova geração. O Vasco, porém, está com Alberto Valentim desde o segundo semestre do ano passado. Já o Goiás contratou Maurício Barbieri, ex-Flamengo, no início desta temporada.

"Sempre temos uma expectativa otimista. Estamos desempenhando e rendendo bem. Isso é fruto do trabalho de todos, principalmente dos jogadores. Mais do que os resultados, o que tem agradado é a maneira com que eles estão vindo", declarou Barbieri.

Já passaram por prova de fogo

Nestes cinco primeiros jogos de 2019, Vasco e Goiás já tiveram ao menos uma "prova de fogo" tendo enfrentado um rival. O Cruzmaltino encarou o Fluminense no último sábado e venceu por 1 a 0. Já o Esmeraldino bateu o Vila Nova por 2 a 0 e o Atlético-GO por 3 a 0.

Siga o UOL Esporte no

Mais Futebol