Topo

Opositor fala em patrocínio que bancaria Tardelli; Atlético desmente oferta

Diego Tardelli esteve presente no estádio Independência na vitória do Atlético-MG contra o Santa Cruz - Divulgação/Atlético-MG
Diego Tardelli esteve presente no estádio Independência na vitória do Atlético-MG contra o Santa Cruz Imagem: Divulgação/Atlético-MG

Thiago Fernandes

Do UOL, em Belo Horizonte

07/02/2019 09h54

Fabiano Lopes Ferreira, candidato de oposição à presidência do Atlético-MG no último pleito e proprietário da Consórcio Multimarcas, diz ter feito uma proposta de patrocínio à atual diretoria que ele crê ser o suficiente para financiar a contratação de Diego Tardelli. O clube nega a existência da oferta e alega que seria impossível um acordo por ter uma parceria nos mesmos moldes com a concorrente Bamaq Consórcios.

"Eu notifiquei o clube que temos interesse em patrocinar o Atlético nos mesmos moldes em que fazemos com Villa Nova-MG, Cruzeiro e Flamengo. Fizemos uma notificação oficial e temos interesse em patrocinar o clube estampando a nossa marca no material esportivo", disse ao UOL Esporte.

"Eu fui perguntado sobre isso [ajudar na contratação de Diego Tardelli] ontem [quarta-feira] e acho que o valor, que não posso revelar, é o suficiente para acertar a contratação do Tardelli. Infelizmente não podemos revelar o valor, porque é algo que só interessa a quem paga e a quem recebe", acrescentou.

Apesar das declarações concedidas por Fabiano à reportagem, o presidente Sérgio Sette Câmara não recebeu notificação sobre uma possível oferta da empresa.

Além do acordo com uma concorrente, outro ponto que pode inviabilizar um possível negócio é a forte resistência sofrida pelo empresário no Conselho Deliberativo. O fato de ser oposição não é um problema, mas o patrocínio ao arquirrival Cruzeiro, firmado no ano passado, causou mal-estar nos bastidores do clube. 

Fabiano Lopes Ferreira concorreu ao cargo de mandatário do Atlético com Sérgio Sette Câmara em dezembro de 2017. À época, no entanto, foi derrotado. Em 2018, o conselheiro atleticano acertou patrocínio com Cruzeiro e Flamengo. Neste ano, ele é quem administra o Villa Nova-MG e também estampa sua marca no clube. O empresário fala em trabalhar com o Galo nesta temporada.

"Essa notificação foi feita há pouco tempo, bem recente. Eu enviei a notificação ao presidente Sérgio Sette Câmara e ainda não recebi uma posição oficial do Atlético", declarou.