Topo

Futebol


Vitória é condenado a pagar R$ 2,5 mi a ex-jogador que alega erro médico

Felipe Oliveira / EC Vitoria / Divulgação
Neto Coruja (dir.) em jogo pelo Vitória na Série B de 2011 Imagem: Felipe Oliveira / EC Vitoria / Divulgação

Marcello De Vico

Do UOL, em Santos (SP)

2019-02-22T15:39:17

22/02/2019 15h39

O Vitória foi condenado - na 29ª Vara do Trabalho, do Tribunal Regional do Trabalho da 5ª Região, em Salvador (BA) - a pagar uma indenização de R$ 2,5 milhões ao ex-jogador Neto Coruja, que foi revelado nas categorias de base do clube rubro-negro e defendeu o time baiano entre 2005 e 2015.

Aposentado desde 2016, Neto Coruja entrou com a ação em 2017. Ele alega que o Vitória errou no procedimento para o tratamento de uma lesão que sofreu em 2012, no tendão patelar do joelho esquerdo. O ex-jogador ficou com os movimentos limitados e diz que o departamento médico do clube deveria ter optado pela cirurgia, e não pelo tratamento conservador.

"Ele teve que abreviar a carreira de aos 27 anos porque não tinha mais condições físicas e clínicas. O Vitória não prorrogou o contrato enquanto ele ainda estava em reabilitação. Ele até tentou retomar a carreira no ABC e não conseguiu jogar, teve várias outras lesões decorrentes das lesões primárias que ele teve no Vitória", disse Filipe Rino, advogado de Neto Coruja, em entrevista ao UOL Esporte.

Em contato com a reportagem, o Vitória informou que irá recorrer da decisão. O mesmo acontecerá com a defesa do ex-jogador, uma vez que a Justiça deu parecer favorável a três de cinco pedidos feitos na ação.

"O valor é altíssimo, ele está satisfeito, porém, como o clube vai recorrer, nós também iremos recorrer de duas indenizações que não foram deferidas em primeira instância. É uma vitória em primeira instância, não acredito que o clube consiga reverter, até pelas provas, e estamos felizes. Porém, com certeza o Neto trocaria toda essa indenização por poder estar atuando novamente. Em 2012 ele estava no auge, poderia se transferir ao Corinthians na época e, infelizmente, essa lesão acabou encerrando a carreira dele", finalizou.

Mais Futebol