Topo

Botafogo vence com dois de Erik, elimina Cuiabá e avança na Copa do Brasil

Erik marcou dois gols e se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil - Jotta de Mattos/AGIF
Erik marcou dois gols e se classificou para a terceira fase da Copa do Brasil Imagem: Jotta de Mattos/AGIF

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/02/2019 23h25

O Botafogo venceu o Cuiabá por 3 a 0 nesta quarta-feira e avançou à terceira fase da Copa do Brasil. O atacante Erik foi o grande destaque da partida ao marcar dois gols e garantir o trunfo. Pimpão completou o placar.

Na próxima fase, o Alvinegro espera o vencedor de Juventude e América-MG. Assim como na segunda fase, na terceira o mando de campo será sorteado pela CBF e ocorrerá em jogo único.

Chuva torrencial atrapalha início do jogo

Assim que a partida começou, teve início também um forte temporal. A intensidade foi muito grande, mas não chegou a alagar o campo do Nilton Santos, que se comportou novamente de maneira exemplar - já havia suportado bem contra o Defensa y Justicia-ARG, pela Copa Sul-Americana. A qualidade do jogo, no entanto, ficou comprometida por alguns minutos.

Marcelo curte uma de atacante e quase marca

Ainda sob forte chuva, Marcelo fez grande jogada. O zagueiro curtiu uma de atacante e quase abre o placar. Ele dominou, driblou o defensor adversário e finalizou em cima do goleiro do Cuiabá.

Pimpão também fica no quase

Quando a chuva deu uma trégua, as boas jogadas começaram a surgir. Após troca de passes na intermediária, Pimpão recebeu pela direita e chutou cruzado. Victor Souza se jogou na bola, mas viu ela sair com perigo pela linha de fundo.

Kieza tira tinta da trave de bicicleta

Melhor no jogo, o Botafogo desperdiçava algumas boas oportunidades de abrir o placar. Uma delas ocorreu aos 30min, quando Kieza dominou na grande área e emendou uma bicicleta. A bola novamente saiu tirando tinta da trave.

Com passe de Leo Valencia, Erik faz primeiro do Bota

A pressão do Botafogo era insustentável e o time abriu o placar aos 44min do primeiro tempo. Após erro na saída de bola, Pimpão recuperou na intermediária e deu passe para Leo Valencia na direita. O Chileno cruzou milimetricamente para Erik se antecipar a zaga e abrir o placar: 1 a 0.

Cuiabá faz pressão no 2º tempo e quase empata

Os times voltaram do intervalo em situações opostas. O Cuiabá assumiu as rédeas das partidas e quase chegou ao empate em duas oportunidades. Em abas jogadas criadas pela direita, o time primeiro perdeu chance com Eduardo Ramos, que chutou para fora. No minuto seguinte, Caio Dantas desperdiçou oportunidade na pequena área.

Botafogo desliga, e vê Gatito salvar

Após bom primeiro tempo, o Botafogo não voltou para o segundo tempo. Dominado desde os minutos iniciais, o time viu o Cuiabá pressionar e criar boas oportunidades. Sorte do Alvinegro é que Gatito estava em noite inspirada e fez boas defesas quando foi exigido.

Cícero arma contra-ataque, Kieza dá assistência e Pimpão amplia

Quando a torcida do Botafogo começava a se preocupar, o time conseguiu um contra-ataque de almanaque e ampliou. Cícero recuperou bola e fez grande lançamento para Pimpão. Ele tabelou com Kieza, recebeu na cara do gol e só tirou do goleiro: 2 a 0.

Erik faz segundo e define classificação

Aos 35min, o Botafogo definiu a classificação em novo contra-ataque. Pimpão acionou Leo Valência e e recebeu dentro da área. No momento da finalização, foi derrubado. Pênalti convertido com muita categoria por Erik, que definiu a vaga na terceira fase da Copa do Brasil.

BOTAFOGO 3 X 0 CUIABÁ-MT

Data e hora: 27/02/2019, quarta-feira, às 21h30 (horário de Brasília)
Local: Nilton Santos (Engenhão), no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Andre Luiz de Freitas Castro (GO)
Auxiliares: Christian Passos Sorense e Edson Antônio de Sousa (GO)
Cartões amarelo: Danrley (CUI)  Marcinho, Gabriel e Jean (BOT)
Gols: Erik, aos 44min do primeiro tempo; Pimpão, aos 26min, Erik, aos 35min do segundo tempo

Botafogo
Gatito; Marcinho, Marcelo, Gabriel e Jonathan; Jean, Alex Santana (Cícero), Rodrigo Pimpão, Bochecha (Jean); Erik e Kieza (Luiz Fernando)
Técnico: Zé Ricardo

Cuiabá
Victor Souza; Weriton, Danrley (Douglas Mendes), Edson Borges e Danilo; Escobar, Alê, Gutierrez (Matheus Pato) e Eduardo Ramos; Júnior e Caio Dantas
Técnico: Itamar Schülle