Topo

Santos

Convocações prometem virar "dor de cabeça" para Santos nas 4ªs do Paulista

REUTERS/Amanda Perobelli
Imagem: REUTERS/Amanda Perobelli

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-03-09T04:00:00

09/03/2019 04h00

As datas FIFA prometem tirar o sono do torcedor santista nesta temporada e já começam a preocupar neste mês de março, quando coincidem com a primeira partida das quartas de final do Campeonato Paulista. Se reforçando com jogadores de seleção desde o ano passado, o Santos corre sério risco de perder até cinco estrangeiros para o duelo mata-mata.

Dois deles já foram convocados e devem desfalcar o time: o paraguaio Derlis González e o peruano Christian Cueva. Já o uruguaio Carlos Sánchez também pode ser ausência já que apareceu na pré-lista do Uruguai, da qual quatro atletas serão cortados. Além deles, o venezuelano Soteldo e o colombiano Felipe Aguilar tem boas chances de serem chamados e engrossarem a lista de desfalques.

Os cinco vem sendo importantes no esquema do técnico Jorge Sampaoli e, com exceção de Soteldo, tem status de titular no elenco. O treinador argentino vai ter de quebrar a cabeça para montar a equipe sem os atletas. Alguns, como Aguilar, tem substitutos imediatos, já outros, como Sánchez, demonstraram fazer muita falta nas partidas em que não atuaram.

Confira quais são as opções de Sampaoli para substituir cada um dos cinco estrangeiros que podem desfalcar o Peixe no importante confronto:

Felipe Aguilar

O zagueiro colombiano deve ser o menor dos problemas. O jogador ganhou recentemente a titularidade após a contusão de Luiz Felipe e o técnico Jorge Sampaoli deve contar com a volta tanto de Luiz Felipe quanto de Lucas Veríssimo para o duelo das quartas. Os dois defensores devem ganhar minutos nas últimas rodadas do Paulistão.

Carlos Sánchez

O uruguaio aparece como o principal desfalque do time. Nas partidas em que foi reserva, fez muita falta e o Peixe melhorou após sua entrada no segundo tempo dos jogos. Para seu lugar, Sampaoli não tem um reserva imediato e pode escalar Jean Lucas atuando de forma mais adiantada ou até mesmo colocar Victor Ferraz no setor e Matheus Ribeiro na lateral. Durante os jogos, o capitão santista chega a trocar de posição com o uruguaio em alguns momentos ofensivos.

Derlis González

Outro grande problema será substituir o paraguaio. Sampaoli iniciou o ano com Felippe Cardoso e Yuri Alberto no ataque, mas não gostou e abdicou de ter um centroavante para escalar Derlis como falso 9. O argentino pode optar por Rodrygo no setor, mantendo a opção do falso 9, escalar Eduardo Sasha, que pode fazer a função, mas tem mais presença de área, ou voltar a ter um centroavante de ofício com Felippe Cardoso.

Christian Cueva

O peruano chegou já com a temporada em curso e fez apenas quatro jogos pelo Peixe até aqui. Rodrygo é o provável substituto do jogador, trazendo Jean Mota mais para o meio na armação de jogadas.

Yeferson Soteldo

Algumas vezes nem relacionado para os jogos, Soteldo ainda não se firmou como titular da equipe, mas vem de jogos bons atuando pela ponta do ataque santista. Mais uma vez, Rodrygo aparece como o substituto ideal, mas caso o camisa 11 seja utilizado como falso 9, o colombiano Copete, que não deve ser convocado para sua seleção, e o jovem Arthur Gomes são as opções para o lado do campo.

Assim, um possível Santos sem os cinco estrangeiros teria: Vanderlei; Victor Ferraz (Matheus Ribeiro), Gustavo Henrique, Luiz Felipe (Lucas Veríssimo) e Felipe Jonatan; Alison, Diego Pituca, Jean Lucas e Jean Mota; Rodrygo e Copete (Arthur Gomes, Felippe Cardoso ou Eduardo Sasha).

O Peixe enfrenta seu adversário, que provavelmente será o Red Bull Brasil, no dia 24 de março (domingo). A partida de volta está marcada para o dia 31 do mesmo mês, quando os gringos santistas já terão retornado de suas seleções.