Topo

Palmeiras

Felipe Melo explica tesoura "com genitais" e admite medo de ser expulso

    Ale Cabral/AGIF
Felipe Melo comemora gol do Palmeiras contra o Melgar Imagem: Ale Cabral/AGIF

Danilo Lavieri e Flávio Latif

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-03-12T22:47:11

12/03/2019 22h47

O volante Felipe Melo marcou um dos gols na vitória do Palmeiras por 3 a 0, contra o Melgar, pela Libertadores. O jogador, porém, ficou marcado por uma entrada mais rigorosa no camisa 19 da equipe peruana Alexis Arias, durante a primeira etapa. O palmeirense afirmou que o rival foi 'esperto', valorizou o lance e que sua genitália que o derrubou. Assista aos melhores momentos da vitória palmeirense.

"Eu tinha roubado uma bola minutos atrás de lado, fui dar o carrinho de lado. Ele muito esperto, entrou. O árbitro viu que não dei uma tesoura nele. Não pego com a sola do pé nas costas dele, minha genitália encosta e derruba ele", afirmou.

Felipe Melo revelou que após o lance, aos 30 minutos do 1º tempo, ele ficou com medo de ser expulso e prejudicar à equipe, como já ocorreu na Libertadores da temporada passada na partida de volta, das oitavas de final, contra o Cerro Porteño.

"Na volta do intervalo falei com o árbitro, ele falou que viu na televisão que era para cartão amarelo. Fiquei um pouco com medo. É complicado. Fui na volúpia de roubar a bola porque era contra-ataque, mas ele viu que aconteceu apenas uma falta", completou.

Muito participativo com a arbitragem em quase todos os jogos, o técnico Felipão afirmou que não pode comentar o lance, já que não viu o vídeo da falta. Porém, relatou que, se comandasse a equipe adversária, possivelmente pediria a concordaria com a reclamção da equipe peruana.

"Não sou árbitro. Não vi o lance de perto, quem viu foi o árbitro. Não posso dizer que sim ou que não. Se eu estivesse lá no Melgar, talvez eu estivesse aqui falando que foi uma falta forte. Mas também não posso dizer se foi só isso. Não tenho vídeo e nem ideia", afirmou.

O Palmeiras volta a campo no próximo sábado (16), no clássico contra o São Paulo, pelo Campeonato Paulista, no Pacaembu, às 16h30 (horário de Brasília).

PVC comenta vitória do Palmeiras sobre o Melgar e elogia Deyverson

UOL Esporte