Topo

Vasco

Juninho e Edmundo ignoram desavenças com Eurico e lamentam morte de cartola

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-03-12T15:57:26

12/03/2019 15h57

Juninho Pernambucano também usou as redes sociais hoje (12) para se manifestar sobre a morte de Eurico Miranda, ex-presidente do Vasco com quem enfrentou problemas de relacionamento durante a passagem do clube. Em mensagem publicada no Twitter, o antigo meio-campista vascaíno prestou solidariedade aos familiares do cartola, desafeto histórico.

"Meus pêsames a toda família do Eurico Miranda", escreveu Juninho, crítico a Eurico durante a crise política vascaína.

Outro desafeto histórico de Eurico Miranda a se manifestar foi Edmundo. O atual comentarista da Fox Sports, que fez oposição ao grupo de Eurico nas últimas eleições, publicou um vídeo no Instagram em que lamenta a morte do ex-dirigente.

"Com tristeza que recebi a notícia do falecimento do Dr. Eurico Miranda, um dos dirigentes mais fantásticos e inteligentes do futebol brasileiro e que fez muito por mim e pelo Vasco. Sou eternamente grato a uma figura que idolatrava e tinha como pai", afirmou Edmundo, que não escondeu as divergências recentes na mensagem de condolência.

"Ultimamente estávamos de lados diferentes na política. Por culpa do nosso amor ao clube, nós divergíamos de ideias. Mas isso é pequeno, que deus conforte a família. Descanse em paz, Dr. Eurico", concluiu Edmundo.

Descance em paz DR EURICO MIRANDA !

A post shared by Edmundo Souza (@edmundosouza10) on

Dois dos jogadores mais simbólicos do Vasco durante a Era Eurico, Juninho e Edmundo colheram desavenças com o dirigente. Em entrevista à Rádio Globo ainda em 2017, o ex-comentarista do SporTV disse que o antigo presidente vascaíno fez mal até para a "família".

"Eu passei por tanta coisa. Minha esposa foi barrada várias vezes quando foi a São Januário. Ele [Eurico Miranda] fez muito mal a mim e à minha família, e isso ficou na minha cabeça. Eu luto para esquecer, isso faz muito mal", contou Juninho Pernambucano.

Já Edmundo assumiu um lado contrário a Eurico Miranda nas últimas eleições para a presidência do Vasco. O ex-atacante esteve na chapa de Júlio Brant, que fazia oposição ao grupo de Eurico.