Topo

Bahia

Após 'abandonar' jogada, Guilherme pede desculpas à torcida do Bahia

Felipe Oliveira / EC Bahia
Imagem: Felipe Oliveira / EC Bahia

Do UOL, em Santos (SP)

2019-03-14T13:37:58

14/03/2019 13h37

A derrota de ontem do Bahia para o Sergipe - por 1 a 0, pela Copa do Nordeste - acabou ficando marcada por um lance específico que deixou a torcida tricolor bastante irritada na Arena Fonte Nova. No fim da partida, já com a derrota no placar, o meia Guilherme chegou a 'abandonar' uma jogada no meio-campo depois de ser vaiado pelos aficionados.

No lance em questão, Guilherme recebeu a bola, tirou um defensor e, ao receber as vaias, gesticulou com os braços e parou a jogada por alguns segundos antes de tocar para outro companheiro. A atitude foi encarada como falta de respeito ao Bahia e revoltou os torcedores tricolores nas redes sociais.

Guilherme, por sua vez, usou sua conta no Instagram para pedir desculpas ao torcedor e dar a sua versão sobre o lance. Segundo ele, o gesto feito com o braço era um pedido de apoio, e não uma reclamação.

"Já no fim do nosso jogo, no auge da tensão, briguei por uma bola no meio campo e ouvi nosso torcedor protestando contra a equipe. Minha reação instantânea, naquele momento crucial da partida, foi gesticular de modo a pedir apoio, e não vaias, nos momentos finais que estivéssemos em campo, porque ainda poderíamos buscar, pelo menos, um empate", disse.

"De peito aberto, peço desculpas se dei a entender algo diferente de um pedido de apoio, ainda que estivéssemos com o placar desfavorável, mas o fiz porque creio que só assim, juntos, nos fortaleceremos a ponto de estarmos bem preparados para tudo de grande que ainda está por vir nesta temporada", acrescentou.

Contratado pelo Bahia para esta temporada, o meia - que está emprestado pelo Corinthians - acumula 11 jogos com a camisa tricolor e tem um gol, contra o Juazeirense, pelo Campeonato Baiano.

O time tricolor ainda não convenceu nesta temporada. Apesar de ainda estar vivo na Copa do Brasil, o Bahia está em situação complicada no Estadual e é apenas o quarto colocado do grupo B da Copa do Nordeste.

A equipe do pressionado Enderson Moreira volta a campo no domingo, quando precisa vencer o Jequié e ainda torcer por outros resultados para avançar às semifinais do Campeonato Baiano. O jogo acontece às 16h (de Brasília), no estádio Valdomirão.

Mais Bahia