Topo

Santos

Sampaoli admite incômodo por não vencer, mas ressalta: "Futebol tem disso"

Eder Traskini

Colaboração para o UOL, em Santos

2019-03-15T23:18:04

15/03/2019 23h18

O Santos saiu derrotado pelo Novorizontino por 1 a 0 nesta noite, no Pacaembu, pela 11ª rodada do Campeonato Paulista. Foi apenas a segunda derrota do Peixe na temporada, a primeira após a goleada por 5 a 1 para o Ituano, mas mesmo assim o técnico Jorge Sampaoli não escondeu a preocupação.

"Não ganhar incomoda sempre. Nessa sociedade que vivemos, quem ganha é bom e quem perde é descartável. Eu valorizo os esforços dos jovens dos jovens mais do que o resultado. Tratam de mudar o jeito e defender a ideia. Hoje não conseguimos, não fomos contundentes na área, mas esforço foi o mesmo", disse em entrevista coletiva.

Apesar do resultado negativo, o Santos esteve em cima durante boa parte do jogo. Nos primeiros 15 minutos da partida criou duas boas oportunidades com Cueva e Rodrygo, mas a zaga do Novorizontino salvou na primeira e o goleiro Vágner praticou boa defesa na segunda.

Mesmo com dificuldades de criação principalmente na segunda etapa, o técnico Jorge Sampaoli valorizou a atuação do time que teve o domínio do jogo, mas não transformou-o em gols.

"Buscamos a todo tempo os caminhos e não encontramos. Estivemos no campo rival, não sofremos com transições, mas futebol tem disso. Ficamos ansiosos, não concretizamos as chances e se foi a partida."

O Peixe volta a campo nesta quarta-feira, às 21h30, quando vai a Ribeirão Preto para enfrentar o Botafogo pela última rodada da primeira fase do Paulistão. O Santos depende de um tropeço do Red Bull Brasil para reassumir a liderança do grupo A e ter a vantagem de decidir o duelo das quartas de final do estadual em casa.

Mauro Beting analisa: "Faltou um camisa 9 para o Santos"

UOL Esporte