Topo

Vasco

Sob vaias, Vasco vence Resende e se recupera após 1º tropeço na temporada

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, no Rio de Janeiro

2019-03-20T23:25:26

20/03/2019 23h25

O Vasco venceu o Resende por 2 a 0 nesta quarta-feira e deu importante passo rumo à classificação para a semifinal da Taça Rio. A partida serviu também para a equipe se recuperar da primeira derrota na temporada no último domingo, contra a Cabofriense. Thiago Reis e Bruno César marcaram os gols.

Curiosamente o Vasco acabou sendo vaiado. Isso porque o Vasco teve grande desempenho no primeiro tempo e empolgou a torcida. Na etapa complementar, já com o resultado definido, o time tirou o pé e desagradou a torcida.

Com a vitória, o Vasco chega aos 8 pontos e assumiu a segunda colocação do Grupo B da Taça Rio. O Cruzmaltino volta a campo no próximo sábado, quando receberá o Bangu, em São Januário.

O melhor: Marrony

O jovem atacante foi a melhor opção do Vasco. Veloz e com muita vontade, ele deu muito trabalho à zaga adversária e deu um gol de presente para Thiago Reis.

O pior: Lucas Mineiro

Um dos destaques do time na temporada, o volante não teve grande atuação. Disperso, perdeu bolas bobas que geraram contra-ataque do Resende. Foi mal.

Pedido da torcida, 'base' abre placar

A torcida tem pegado no pé do técnico Alberto Valentim. Um dos motivos é a pouca utilização da base no time titular. Pois bem. Diante do Resende, o treinador lançou Marrony e Thiago Reis e a dupla funcionou muito bem. Logo aos 4min, em grande pressão dos visitantes, o Vasco abriu o placar. Bela jogada do primeiro, com finalização de matador do segundo: 1 a 0.

Vasco massacra e amplia

A atuação do Vasco era tão boa que tudo indicava uma goleada após 20min de jogo. O Cruzmaltino pressionava incessantemente o Resende e não demorou para ampliar. Após bobeada da zaga, Bruno César foi esperto se antecipou ao marcador e mandou para o fundo das redes: 2 a 0.

Segundo gol esfria jogo

Após abrir vantagem, o Vasco tirou o pé e parou de atacar. O time apostou na forte marcação e seguiu anulando o Resende, mas sem responder com jogadas ofensivas. O jogo, então, esfriou e ficou muito preso no meio de campo.

Vasco mantém ritmo baixo e é cobrado

O segundo gol esfriou o jogo e o Vasco voltou do intervalo da mesma forma que terminou o primeiro tempo. Em marcha lenta, o time apenas cadenciou o jogo. A torcida, no entanto, não gostou disso e cobrou o time: "Ei, Vasco, vamos jogar".

Valentim ganha 'folga' da torcida

Pressionado pela torcida, Alberto Valentim tirou uma folga nesta quarta-feira. O bom desempenho da equipe no primeiro tempo, quando construiu o placar cedo, deu tranquilidade. O sossego foi tanto que o time parou de jogar na etapa complementar e acabou vaiado. O treinador, porém, foi poupado dessa vez.

RESENDE 0 X 2 VASCO

Data e hora: 20/03/2018, às 21h30 (horário de Brasília)
Local: Raulino de Oliveira, em Volta Redonda (RJ)
Árbitro: Luiz Antônio Silva dos Santos
Auxiliares: Wallace Muller e Rafael Gomes Rosa
Cartões amarelo:
Gols: Thiago Reis, aos 4min, Bruno César, aos 17min do primeiro tempo;

Resende
Ranule; Dieguinho, Rhayne (Anderson), Lucas Tavares e Murilo Rusalen; Léo Silva, Joseph, Vitinho e Arthur Faria (Filipi); Jeanderson e Zambi (Matheus Totô).
Técnico: Edson Totô

Vasco
Fernando Miguel; Raul Cáceres, Werley, Leandro Castan e Danilo Barcelos; Bruno Silva (Thiago Galhardo), Lucas Mineiro, Bruno César (Fellipe Bastos), Marrony e Rossi; Tiago Reis (Yago Pikachu).
Téncico: Alberto Valentim