Topo

Corinthians

Comprar ingresso
Comprar ingresso

Carille pede compra de Avelar e cogita volta de Gustagol no fim de semana

Siga o UOL Esporte no

Do UOL, em São Paulo (SP)

2019-03-21T00:23:13

21/03/2019 00h23

O técnico Fábio Carille voltou a elogiar o lateral esquerdo Danilo Avelar após a vitória do Corinthians contra o Ituano por 1 a 0, hoje, no estádio Novelli Júnior, em Itu, em jogo válido pela última rodada da fase de grupos do Campeonato Paulista.

Além de citar a regularidade e qualidade técnica do camisa 35, Carille deixou claro que a compra de Avelar faz parte de seus planos para a sequência da temporada. O Timão precisa pagar 1,5 milhão de euros (R$ 6,49 milhões) para comprar o jogador do Torino, da Itália, que emprestou o lateral até 31 de julho deste ano.

"Vai ser um pedido meu, temos um prazo, mas com certeza esse pedido vai conversar. Muitas vezes se pensa em Arana, Sidcley, mas precisa pensar no futuro. O Avelar está caminhando para 30 anos, o Carlos (Augusto) tem um futuro, mas vai ser, sim, um pedido meu", afirmou Carille.

"E gosto desse jogador (Avelar), fui buscando informações dele na Europa. Acho que tem todo o perfil para ser um zagueiro, também, por velocidade, altura e por ser canhoto. Não é nota 10, mas não é nota quatro. Sempre é seis e sete e ajuda muito na bola aérea defensiva e ofensiva", completou.

Gustagol volta no fim de semana

Carille confirmou que Gustagol tem grande chance de voltar ao time nas quartas de final do Campeonato Paulista. Ele desfalcou o time nos últimos quatro jogos - contra Santos, Ceará, Oeste e Ituano - por conta de dores no joelho esquerdo.

Com isso, Mauro Boselli deve voltar ao banco de reservas. Carille elogiou bastante o argentino apesar da falta de gols. Boselli só marcou um gol pelo Corinthians, inclusive, com assistência de Gustagol, diante do Botafogo, em Ribeirão Preto.

"(Gustavo) pode ser, vou procurar saber como foi o trabalho dele hoje e amanhã, mas a possibilidade para ele é grande", disse Carille.

"Boselli reclamou de uma dor atrás do joelho. Estava pensando em colocar o Vagner para buscar a vitória, mas tivemos que tirar porque temos uma sequencia de jogos. Tem quartas, a Copa do Brasil para confirmar uma vaga. Ele não tem feito gols, mas tem participado muito. Contra o Oeste abriu espaços, sabe jogar sem bola. Está ansioso, mesmo com a idade. O melhor amigo dele no grupo é Gustavo, algo curioso, mostrando como somos uma família", concluiu.