Topo

Futebol


B. Henrique nunca foi chamado por Tite, mas está no álbum da Copa América

UOL
Figurinha de Bruno Henrique no álbum da Copa América Imagem: UOL

Do UOL, em São Paulo

2019-03-25T11:46:38

25/03/2019 11h46

O álbum de figurinhas da Copa América foi lançado e um nome chamou atenção entre os "convocados" da seleção brasileira: Bruno Henrique, do Palmeiras. Nunca chamado por Tite para defender o Brasil, o jogador do clube paulista aparece ao lado dos também atletas do meio-campo Casemiro (Real Madrid), Arthur (Barcelona), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Fred (Manchester United) e Lucas Paquetá (Milan).

A parte da seleção brasileira, dividia em três páginas, conta com 20 jogadores. Apenas Bruno Henrique nunca foi chamado por Tite - Vinícius Jr, outro integrante da lista, chegou a ser convocado uma vez, mas acabou cortado por lesão.

A boa fase no ano passado, que culminou com o título do Brasileirão, fez com que Bruno Henrique entrasse no radar da seleção brasileira para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador, que aconteceram em setembro. O jogador do Palmeiras, contudo, acabou não integrando a lista de convocados por Tite.

UOL
Imagem: UOL

A reportagem tentou contato com a Panini para saber o motivo da presença de Bruno Henrique no álbum. A matéria será atualizada quando a empresa se manifestar.

A seleção brasileira está no Grupo A da Copa América, ao lado de Bolívia, Venezuela e Peru. A estreia será contra os bolivianos, no Morumbi, no dia 14 de junho.

Confira os jogadores brasileiros presentes no álbum da Copa América:

Goleiro: Alisson (Liverpool)

Defensores: Danilo (Manchester City), Miranda (Inter de Milão), Marquinhos (PSG), Filipe Luís (Atlético de Madri) e Marcelo (Real Madrid)

Meias: Bruno Henrique (Palmeiras), Casemiro (Real Madrid), Arthur (Barcelona), Paulinho (Guangzhou Evergrande), Fred (Manchester United) e Lucas Paquetá (Milan)

Atacantes: Philippe Coutinho (Barcelona), Willian (Chelsea), Vinícius Jr (Real Madrid), Richarlison (Everton), Douglas Costa (Juventus), Roberto Firmino (Liverpool), Neymar (PSG) e Gabriel Jesus (Manchester City)

Mais Futebol